Topo

Tá nas mãos de cada um: masturbação pode deixá-las grávidas, diz religioso

"Mãos grávidas após a morte", diz o religioso Mücahid Han sobre masturbação - Reprodução/Huffington Post
"Mãos grávidas após a morte", diz o religioso Mücahid Han sobre masturbação Imagem: Reprodução/Huffington Post

Do UOL, em São Paulo

26/05/2015 09h46

Quando a gente acha que já viu um pouco de tudo nesta vida, a internet chega e dá aquele tapão na fuça. Que tal esta? "Masturbação pode deixar as mãos grávidas."

Quem diz esse despropério é um religioso turco que transmite seus ensinamentos pela TV. Mücahid Cihad Han alertou seus seguidores muçulmanos que eles não deveriam se masturbar porque poderiam sofrer complicações após a morte, segundo matéria desta terça-feira (26) no "Huffington Post".

“Santa castidade!”, diria o parceiro do Batman...

A explicação surreal de Han foi dada em resposta ao telefonema de um telespectador que afirmou continuar se masturbando, apesar de ser casado, mesmo durante a tradicional peregrinação a Meca conhecida como Umrah.

O religioso afirmou que a masturbação é proibida no islã e que “quem tiver relações sexuais com suas mãos irá encontrá-las grávidas na vida após a morte”.

Han fez o próprio julgamento sobre o tema, já que existe controvérsia entre os intérpretes das leis islâmicas: para alguns, a masturbação é pecado e proibida; para outros, ela apenas não é recomendável ou pode ser praticada sob determinadas circunstâncias.

Cada um acredita no que quer, vá lá, mas tá aí uma ideia um tanto peculiar (para não dizer outra coisa...).

Tabloide