Mulher é detida em aeroporto transportando as entranhas do marido na bagagem

Do UOL, em São Paulo

  • EPA

Uma mulher marroquina acabou detida no aeroporto de Graz, na Áustria, por um motivo pra lá de estranho. Ela transportava em sua mala os intestinos do marido.

Segundo o jornal Kleine Zeitung, as entranhas estavam embrulhadas e cuidadosamente colocadas dentro da bagagem. Ela alegou que o motivo do transporte era nobre. Como desconfiava que o marido havia sido envenenado, ela queria que os órgãos fossem analisados por um laboratório.

O curioso é que a mulher conseguiu embarcar no Marrocos sem ter problema nenhum com a bagagem. O enrosco só aconteceu na chegada, na Áustria.

No fim das contas, a mulher teve duas notícias, uma boa e outra ruim. O bom foi que, como não infringiu nenhuma lei, a marroquina foi liberada pela polícia. Já o ruim foi que um médico analisou a situação e concluiu que só poderia investigar o real motivo da morte do marido dela se todo o corpo tivesse sido transportado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos