Homem compra centenas de edições de jornal para que ninguém saiba que foi preso

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Na noite de 29 de dezembro, Joseph Talbot, 43, foi preso por dirigir sob influência de álcool ou drogas. Segundo a polícia, o sujeito saía da pista e não conseguia manter seu carro em linha reta. No entanto, quando chegou à delegacia, o homem ficou desesperado e se recusou a tirar uma foto.

Talbot sabia que seu retrato iria parar, no dia seguinte, nas páginas do "The Times of Wayne County", o jornal local que cobre boa parte do norte do Estado de Nova York. Há 28 anos, o jornal publica todas as prisões realizadas no condado. Com Talbot não seria diferente.

E, de fato, não foi. Depois de ter sido informado que se recusar a tirar a foto também é crime, Talbot concordou e, obviamente, foi parar no jornal. Segundo o dono do "The Times of Wayne County", Ron Holdraker, em entrevista ao "Washington Post", o sujeito foi liberado para responder processo em liberdade e, no dia seguinte, acabou tentando comprar várias edições do jornal na tentativa de impedir as pessoas de lerem a notícia de sua prisão.

Talbot obviamente não conseguiu impedir que a notícia fosse amplamente difundida. Pior! Sua ação fez com que mais pessoas ficassem sabendo da história. Tanto é que você, no Brasil, está lendo sobre ela. Ele comprou cerca de mil exemplares do jornal que tem circulação de 12 mil.

Além disso, Talbot se esqueceu da internet. Uma notícia que iria ficar escondida no site do "The Times of Wayne County" acabou tendo bastante audiência e foi lida por muita gente. Se ficasse quietinho, o sujeito não iria ficar tão famoso por ter sido preso.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também:

UOL Cursos Online

Todos os cursos