Paciente recebe alta, se recusa a deixar hospital e é expulso após 2 anos

Do UOL, em São Paulo

Um homem foi expulso de um hospital por ordem judicial depois que ele ficou internado desnecessariamente e se recusou a deixar o local por mais de dois anos. O paciente chegou ao James Paget University Hospital em Norfolk, na Inglaterra, em agosto de 2014 e permaneceu lá até este ano apesar de ter recebido alta há muito tempo. As informações são da BBC.

O hospital afirmou que abriu um processo uma ação legal contra o homem, que não teve a identidade revelada. Após uma ordem judicial, ele foi removido em 10 de janeiro e colocado um alojamento.

Reprodução

Anna Hills, diretora de governança do hospital, disse que o paciente recusou todas as ofertas de acomodação feitas pelas autoridades e serviços de assistência social.

"Como última opção, tivemos de apelar para a Justiça para remover o homem do hospital. A decisão não foi fácil de ser tomada, mas nossa prioridade é considerar as necessidades de todos os nossos pacientes", afirmou à BBC.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos