Zoológico processa empresa que usou um de seus guaxinins para "vídeo erótico"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Uma agência de publicidade alugou o guaxinim e o usou em um vídeo com uma modelo nua

    Uma agência de publicidade alugou o guaxinim e o usou em um vídeo com uma modelo nua

Um zoológico de Moscou, na Rússia, está processando uma agência de publicidade que alugou um de seus guaxinins e o usou em um vídeo com uma modelo nua. Agora, o bicho está obcecado por seios femininos.

De acordo com o processo, Thomas, o guaxinim, foi usado em um vídeo no mês de agosto do ano passado. No entanto, quando o animal voltou ao zoológico estava traumatizado. Foi quando os cuidadores do guaxinim descobriram que ele havia gravado com uma modelo nua.

Agora, Thomas relaciona seios femininos com comida e tem causado problema com as tratadoras do zoológico.

A empresa que gravou o vídeo afirmou que as acusações são absurdas e que o vídeo não tem nada de erótico. O estúdio afirma que alugou um animal treinado. No entanto, Thomas, nunca recebeu treinamento algum para trabalhar com vídeos.

A discussão agora será feita na Justiça russa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos