Homem agride policial por não conseguir comprar pipoca no cinema

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Um norte-americano de 50 anos foi preso acusado de conduta desordeira e de ter agredido um policial por não ter conseguido comprar pipoca no cinema.

Paul West, morador de Clarksville, no Tennessee (EUA), arremessou um balde de pipoca vazio em um funcionário do cinema e agrediu e tentou morder uma policial na última segunda-feira (29).

"Nunca tinha visto ninguém ficar tão bravo por causa de uma pipoca", disse o porta-voz da polícia, Jim Knoll, segundo a agência Reuters.

A polícia informou que atendeu ao chamado do cinema que afirmou que "um homem estava irritado porque a lanchonete do cinema estava fechada e não poderia vender pipoca".

West pegou um balde e exigiu que colocassem pipoca nele. Ao ver que não conseguiria, ele jogou o objeto em um funcionário e correu para dentro do cinema.

O homem ainda deu vários socos em uma policial e tentou mordê-la. West foi preso acusado de agressão e de conduta desordeira. O juiz do condado de Montgomery definiu sua fiança em US$ 22.500 (cerca de R$ 73 mil)

Não foi divulgado qual filme West foi assistir, mas, pelo jeito, tanto faz. O que ele queria mesmo era comer pipoca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos