Britânico proibido de trabalhar de shorts durante onda de calor surge com vestido da mãe

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Twitter

    Britânico vai ao trabalho de vestido em protesto por não poder usar bermuda

    Britânico vai ao trabalho de vestido em protesto por não poder usar bermuda

Os britânicos estão sofrendo com o calor que está fazendo neste finalzinho de primavera por lá. Por causa disso, um jovem de 20 anos, Joey Barge, foi ao escritório de bermudas e acabou barrado, uma vez que a empresa na qual ele trabalha proíbe esse tipo de vestimenta. Em resposta, compartilhou fotos voltando ao trabalho, desta vez com um vestido da mãe.

Toda a saga foi contada pelo Twitter. Primeiro Joey postou uma foto dele em um carro, vestindo bermudas. Ali, ele perguntou: "Se as mulheres podem vestir shorts/vestidos no trabalho, eu posso usar bermudas como estas?". A resposta veio no tweet seguinte, menos de meia hora depois: "Não. Eu acabo de ser mandado para casa".

Depois de reclamar que a previsão era de muito calor para aquele dia - 31ºC - e que um quarto do escritório estava usando roupas curtas, ele tomou uma atitude radical. Foi até o guarda-roupa da mãe e voltou de lá com um vestido preto e rosa. "Agora parece melhor".

Joey aparentemente de fato foi trabalhar com o vestido, uma vez que ele postou foto no carro com a vestimenta e o comentário: "Vejo você em breve, Twitter. Vou ser mandado para casa em breve".

Ele não contou o que de fato aconteceu, mas voltou ao Twitter para contar sua vitória. Afinal, a empresa enviou email aos funcionários avisando que "por causa das altas temperaturas, todos estão livres para usar bermudas". "Vitória parcial?", ele perguntou. Quase. A companhia permitiu as bermudas, mas limitou as cores que podem ser usadas.

"Devido à extrema alta nas temperatutas, foi acordado que os homens do escritório podem usar bermudas de tamanho 3/4", diz o comunicado, que ainda pontua que não podem ser bermudas de cores brilhantes: "preta, azul marinho ou bege, apenas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos