Fugitivo italiano que voltou por saudade da mãe é encontrado em guarda-roupas

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Um italiano de 49 anos que passou cinco anos fugindo da polícia foi encontrado escondido dentro de um guarda-roupas depois que investigadores descobriram que ele estava de volta à Itália para visitar a mãe.

O homem estava cumprindo dois anos de prisão domiciliar por portar uma arma ilegalmente em público, quando fugiu em 2012. Segundo a polícia, ele saiu da Itália.

O italiano, que já havia sido condenado anteriormente por roubo e tráfico de drogas, achou que a polícia tinha se esquecido dele, já que faltava apenas um ano de pena para cumprir.

Por isso, e por sentir saudades da mãe idosa, o fugitivo voltou. E a polícia percebeu. Tanto é que ficou meses monitorando a 'mama' do bandido, sua ex-mulher e filha.

Há dois meses, policiais fizeram uma busca na casa da idosa e encontrou roupas e meias abandonadas, além de uma janela aberta. O fugitivo conseguiu escapar por pouco.

Mas, na semana passada, ele não escapou da polícia. Em uma ação na casa da ex-mulher do bandido, em Ostia, os agentes o encontraram escondido no guarda-roupas da filha. Ele foi preso e vai ter de esperar um tempo até ver a mãe de novo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos