Cidade dos EUA faz plebiscito para aumentar mandato de prefeito e ninguém aparece para votar

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Uma pequena cidade, no condado de Mitchell, no estado de Iowa (EUA), organizou um plebiscito com os eleitores locais para mudar o mandato do prefeito e dos conselheiros municipais de dois para quatro anos.

O local de votação foi organizado, funcionários foram chamados, mas nenhum dos 10 habitantes de McIntire apareceu para votar. 

Nem mesmo os três funcionários encarregados da eleição puderam votar porque vivem em outras cidades.

Segundo a auditora Barbara Baldwin, responsável pelo plebiscito, outras eleições tiveram comparecimento baixo, mas nunca um pleito na cidade teve zero eleitores. No total, tem 70 pessoas registradas que poderiam ter ido votar. 

O custo do plebiscito, entre pagamento de funcionários e de fornecedores, ficou em US$ 500. E, no final, o mandato do prefeito e dos conselheiros vai continuar sendo de dois anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos