Restaurante italiano expulsa prefeito que foi jantar vestindo bermuda

Do UOL, em São Paulo

  • DEL GHINGARO/FACEBOOK

O prefeito de uma cidade na costa da Toscana, na Itália, foi expulso de um restaurante local porque estava vestindo bermudas. Giorgio del Ghingaro, prefeito de Viareggio, ficou tão constrangido que fez aquilo que qualquer pessoa racional faria: escreveu um textão no Facebook.

O político contou que não sabia sobre o 'dress code' do local e que, por isso, foi jantar vestindo bermudas, já que é verão na Itália e costuma fazer muito calor nesta época do ano.

"Como não era um jantar oficial, mas um evento com alguns amigos, me senti livre para me vestir de forma casual", escreveu no Facebook.

O prefeito também postou uma foto da bermuda cargo que estava usando quando foi jnatar. Ele contou que estava no terraço com alguns amigos quando o garçom se aproximou e disse que como o prefeito não vestia calças, não poderia mais ficar ali. Del Ghingaro então deixou o local com os amigos e foi jantar em outro restaurante.

"Eu admito que foi um pouco humilhante", contou o prefeito, segundo a BBC.

O Club Nautico, que administra o restaurante, lamentou o incidente e afirmou que, como desculpas, vai dar um título de sócio ao prefeito. Mesmo assim, um gerente do local explicou que há duas placas no restaurante explicando que, após as 19h, os clientes devem usar calças compridas no estabelecimento.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos