PUBLICIDADE
Topo

Tabloide

Porcos são salvos de incêndio, mas viram linguiça e acabam servidos a bombeiros

Rakijung/iStock
Imagem: Rakijung/iStock

Colaboração para o UOL

23/08/2017 13h45

Uma ninhada de porcos resgatada de um incêndio tem muito pouco a agradecer a seus heróis. Nada menos do que 18 leitões e duas porcas foram salvos de um acidente em uma fazenda no condado de Wilshire, no sul da Inglaterra, mas terminaram como banquete aos mesmos bombeiros que debelaram o fogo.

Um incêndio de grandes proporções consumiu 60 toneladas de feno na fazenda Milton Lilbourne em fevereiro deste ano. O Corpo de Bombeiros local foi chamado e controlou o fogo, salvando toda a ninhada de porcos.

Porcos resgatados de incêndio viraram linguiça, degustada pelos bombeiros - Divulgação/Pewsey Fire Station - Divulgação/Pewsey Fire Station
Porcos resgatados de incêndio viraram linguiça, degustada pelos bombeiros
Imagem: Divulgação/Pewsey Fire Station

Seis meses depois, a controvérsia: Rachel Rivers, gerente da propriedade, esperou que os porcos crescessem e decidiu agradecer à equipe de bombeiros dando-lhes linguiças - todas feitas com a carne dos leitões resgatados. Os bombeiros agradeceram fazendo um churrasco.

Rachel ainda brincou: "Tenho certeza de que os vegetarianos odiarão isso”. E ela tinha razão. Membros da Peta - uma instituição de defesa animal - se manifestaram dizendo que os leitões não estavam "melhores" na panela do que no incêndio. "Nós vamos enviar pacotes de salsichas veganas a eles de modo que possam ver como é fácil serem verdadeiros heróis para porcos: poupando seu sofrimento", disse o porta-voz da ONG, Mimi Bekhechi.

A gerente da fazenda defendeu o presente dizendo que a pecuária é seu meio de subsistência. "Eu dei a esses animais a melhor qualidade de vida que eu poderia dar até o momento em que eles foram mortos para seguir a cadeia alimentar", disse ela. "Você fica triste, mas presentear os bombeiros foi uma boa maneira de dizer obrigado.”

O dono da fazenda, o deputado Gerald Osbourne, acrescentou: "Uma parte inevitável da agricultura é a morte de um animal".

Já os bombeiros foram só gratidão. Eles disseram que as salsichas são "altamente recomendadas" e agradeceram o agricultor "por sua generosidade”. "Nós só podemos dizer que as salsichas estavam fantásticas", disse um porta-voz nesta terça-feira (22).

Após a controvérsia, no entanto, o serviço de bombeiros removeu as fotos do churrasco improvisado postadas em sua página oficial no Facebook.

Tabloide