Condenado fingia ser irmão ao ser detido para passar menos tempo na prisão

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Justiça do Condado de Muskingum

    Troy Mason se passava pelo irmão para ficar menos tempo preso

    Troy Mason se passava pelo irmão para ficar menos tempo preso

Desde 2014, Troy Mason, 50, foi preso seis vezes pela polícia de Zanesville, em Ohio (EUA). No entanto, toda vez que foi detido, o sujeito dava outro nome aos agentes. Ele dizia ser Robert Mason, seu irmão.

O problema é que Troy estava em liberdade condicional e, caso fosse preso, poderia passar uma longa temporada na cadeia. Como Robert estava com o nome limpo, cada vez que era detido, o sujeito ficava um tempinho atrás das grades e logo era solto.

No total, Troy cumpriu 150 dias de prisão como Robert. Tudo começou porque em 2014, na primeira vez que deu o nome do irmão ao ser preso, a máquina de impressão digital da penitenciária estava quebrada.

"Nós sempre acreditamos que se tratava de Robert Mason. E por que não seria ele?", perguntou o chefe de polícia de Zanesville, Tony Coury, ao jornal Times Recorder.

Troy também sempre andava com documentos falsos do irmão. Além disso, todas as vezes que foi preso usando outro nome, o sujeito teve comportamento exemplar na cadeia.

O golpe foi descoberto pelo agente de condicional de Troy que investigou o que o sujeito ficou fazendo no ano passado.

Por causa do golpe, Troy acabou sendo condenado por um júri na última quarta-feira (30) e vai ter de encarar 48 anos de prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos