Russo morre após postar foto segurando uma granada

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Russo tirou o pino de uma granada e tirou uma foto

    Russo tirou o pino de uma granada e tirou uma foto

Um russo morreu depois de tirar o pino de uma granada e tirar uma foto segurando o artefato. Alexander 'Sasha' Chechik não resistiu à explosão ocorrida em Labinsk, no sudoeste da Rússia.

De acordo com informações do site kuban.kp.ru, o homem mandou uma mensagem a um amigo, que incluía a foto segurando uma granada sem o pino. Na troca de textos, o amigo chega a perguntar se Sasha estava bem.

"Escute, não brinque com isso. Onde você está", perguntou o amigo, mas Sasha não respondeu.

Uma fonte ouvida pela agência Interfax afirmou que o rapaz não conseguiu recolocar o pino na granada e teve o corpo partido no meio com a explosão.

Segundo a polícia, Sasha achava que a granada não explodiria se ele não a arremessasse. A morte foi registrada como acidente e não como suicídio.

Por conta do incidente, a polícia iniciou uma investigação para apurar possível tráfico de armas e munições em Labinsk.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos