Topo

Tecnologia

Google


Funcionários do Google ouviram áudios de usuários em assistente de voz

Getty Images/iStockphoto
Áudios incluem usuários que falam de vida pessoal e que mencionam endereços Imagem: Getty Images/iStockphoto

2019-07-12T14:26:32

12/07/2019 14h26

O Google admitiu na quinta-feira que seus funcionários tiveram acesso às gravações de seu assistente virtual, após revelações do canal público belga VRT.

O grupo explica em um comunicado que especialistas em linguagem escutam as gravações do usuário do Assistente Google de voz para melhorar sua compreensão de diferentes idiomas e sotaques.

A emissora VRT informou que ouviu mais de mil gravações procedentes de aparelhos na Bélgica e Holanda, 153 delas registradas de modo acidental.

Os áudios incluem usuários que falam de sua vida amorosa, de seus filhos ou que mencionam informações pessoais, como seu endereço.

O gigante da internet afirma que suas equipes estão investigando o vazamento dos dados de áudio por parte de um funcionário que "não respeitou a política de segurança de dados" da empresa.

"Procedemos uma análise completa de nossos dispositivos de segurança para evitar que volte a acontecer", prometeu a empresa.

Também indicou que os funcionários têm acesso a apenas 0,2% das gravações e que estas "não estão associadas às contas dos usuários".

Normalmente, o Assistente Google é ativado quando o usuário solicita, apertando um botão ou quando fala "OK Google".

A empresa admite que pode gravar por engano, quando o programa interpreta que "o ruído ou palavras em segundo plano" são a palavra chave.

Você é o produto: cada passo que você dá na web gera rastros e essas informações são usadas para te vigiar e influenciar o seu comportamento

Entenda

Dado não é roubado: o ano que nos obrigou a cuidar melhor dos nossos dados

Leia Mais