Topo

Tecnologia

5 pessoas brilhantes que falharam antes de ficarem famosas

shutterstock
Imagem: shutterstock

Do UOL, em São Paulo

18/11/2017 04h00

Pessoas extremamente bem-sucedidas nem sempre começaram do topo. É claro que ter um ponto de partida elevado ajuda, mas isso nem sempre é garantia de que não será necessário ralar muito e lidar com frustrações.

Isso vale também para muitas pessoas que hoje em dia são louvadas. Sabia que algumas das pessoas mais ricas ou bem-sucedidas em suas áreas falharam muito antes de chegarem aonde estão? Pois é. 

VEJA TAMBÉM

Abaixo listamos cinco casos de pessoas consideradas geniais em suas atividades, mas que, para isso, tiveram que superar fracassos. Confira!

 

  • Seth Wenig/AP

    Bill Gates

    Antes de ser um dos fundadores da Microsoft, juntamente com Paul Allen, e se tornar um magnata da tecnologia, Bill Gates traçou uma carreira errática. Ele abandonou a universidade de Harvard após dois anos de estudo. Nesse período, ele já tinha criado com Allen e Paul Gilbert a Traf-O-Data, empresa que pretendia criar contadores automatizados de tráfego de automóveis para produzir relatórios para o governo. Pouco tempo depois de sua criação, a empresa acabou fechando as portas. Só aí veio a Microsoft e o resto foi história.

  • Reprodução

    Albert Einstein

    Um dos cientistas mais geniais da história, Albert Einstein é considerado o pai da física moderna e conhecido por criações como a Teoria da Relatividade e por participar do Projeto Manhattan, que culminou com o bombardeio atômico do Japão ao final da Segunda Guerra Mundial - diante do resultado de sua criação, ele se tornou um ativista para banir o uso de armas nucleares. Esse cientista genial, porém, passou por diversas dificuldades em sua infância e juventude. Só foi capaz de falar aos quatro anos de idade, apenas aprendeu a ler aos sete, foi expulso da escola e recusado na Escola Politécnica de Zurique.

  • Reprodução

    Thomas Edison

    Considerado o maior inventor norte-americano, Thomas Edison foi pioneiro em diversas áreas, frequentemente sendo reconhecido como o criador da lâmpada incandescente, da câmera cinematográfica, do sistema de distribuição de energia elétrica, entre outros. Essa mente brilhante, porém, nem sempre foi celebrada: os professores de Edison diziam que ele era "muito burro para aprender qualquer coisa" e ele acabou demitido de seus dois primeiros empregos por improdutividade. Mesmo suas invenções não deram certo de início: a lâmpada incandescente, por exemplo, exigiu cerca de mil protótipos até funcionar como o planejado.

  • Reprodução

    Soichiro Honda

    Hoje a Honda não apenas é conhecida como uma das principais fabricantes de automóveis e motos do mundo, mas também por produtos na área de aviação e também robótica - sendo o simpático robô humanóide Asimo sua obra-prima. Para o fundador da empresa, o já falecido engenheiro Soichiro Honda, o caminho até o sucesso foi tortuoso. Curiosamente, ele teve que lidar com o fato de ter sido recusado pela Toyota após uma entrevista de emprego, o que o deixou desempregado por um tempo. Sem opções, ele começou a fazer motos em casa e, diante da demanda, acabou montando seu próprio negócio - e virando um competidor de peso para a Toyota.

  • Reprodução

    Masaru Ibuka e Akio Morita

    No esforço japonês para se recuperar da destruição causada pela Segunda Guerra, Masaru Ibuka retornou para Tóquio em 1945 para trabalhar reparando aparelhos de rádio. Pouco tempo depois, ele encontrou um colega do tempo da guerra, Akio Morita, e o convidou para trabalhar com ele. O negócio de reparo de rádios ia bem, mas eles decidiram inovar criando uma máquina de cozinhar arroz, algo que tornaria a vida da população mais prática em tempos de baixa oferta de comida e eletricidade abundante. O aparelho, porém, foi um desastre e era praticamente impossível obter um bom resultado ao se cozinhar com ele. A história de Ibuka e Morita foi muito além dos rádios reparados e da arrozeira fracassada: pouco tempo depois, eles fundaram a nada menos do que a Sony, que se tornou uma gigante da tecnologia em nível mundial.

Mais Tecnologia