Topo

Tecnologia

Celular é tudo igual? Veja recursos presentes em poucos modelos

Getty Image
Será que todo celular é igual? A resposta é não Imagem: Getty Image

Do UOL, em São Paulo

24/11/2017 04h00

Tem tanto modelo de celular no mercado brasileiro atualmente que nós sabemos que a confusão é grande quando você quer trocar o seu aparelho. A impressão que fica é que, no fim das contas, “smartphone” é tudo igual. Mas será que é mesmo?

A resposta é não. A sensação de que celular é tudo igual ocorre porque algumas marcas lançam inúmeros aparelhos - e muitos deles acabam se parecendo uns com os outros. Existem até modelos com “submodelos”, como a linha J da Samsung, que traz celulares bem semelhantes mudando apenas o nome e uma configuração ou outra. Para que isso, né?

Veja também: 

Mas pode ficar tranquilo que nem todos os dispositivos por aí são iguais. Alguns recursos ainda estão presentes em poucos celulares, mas no futuro (talvez breve) muitos deles podem se espalhar por vários outros aparelhos e os modelos atuais deixarão de ser "diferentões". Confira abaixo a lista de recursos presentes em poucos smartphones no Brasil.

Recursos que estão em poucos celulares

  • Tela infinita

    A tela infinita pode ser considerada a novidade do ano entre smartphones. O recurso foi o queridinho das grandes companhias. Começou, entre os celulares que chegaram por aqui, com o LG G6 e se espalhou por outros modelos como o Galaxy S8, o Galaxy Note 8 e o iPhone X. O modelo mais acessível com uma espécie de "tela infinita" é o LG Q6, intermediário da companhia sul-coreana. Leia mais

  • Superbateria

    As baterias super potentes, infelizmente, aparecem nesta lista dos poucos celulares "diferentões". Não deveriam todos os celulares terem uma superbateria? Pois é, mas eles não têm. A lista de celulares com uma bateria gigante não é muito longa. Nela, estão presentes modelos como o Zenfone 3 Zoom, o Galaxy A9 e o Moto E4 Plus. Todos eles têm baterias que duram pelo menos em média de três dias longe da tomada. Leia mais

  • Tela inquebrável

    Uma das coisas mais irritantes dos celulares atuais é a fragilidade das telas dos dispositivos. Qualquer queda é passível de o display se estilhaçar, obrigando o dono a gastar um bom dinheiro no reparo. Se você não está feliz com isso, então saiba que existe um celular com uma tela "inquebrável": o Moto Z2 Force. O UOL Tecnologia testou o aparelho, e a resistência do dispositivo se saiu bem. Leia mais

  • Modo retrato

    A câmera dupla já se espalhou por vários modelos de celular por aí, então não é mais tão única. Mas as câmeras dos celulares contam com recursos diferentes. Por exemplo: o modo retrato que desfoca o fundo e dá destaque ao que está em primeiro plano faz muito sucesso em redes sociais, lembrando câmeras profissionais. Os melhores celulares com câmera dupla que contam com esse modo são o Galaxy Note 8, o Zenfone 3 Zoom e o iPhone (7 Plus e 8 Plus).

    Existem outros celulares que possuem o recurso de desfoque em um modo virtual, feito via software. Mas é bom frisar que eles são inferiores em termos de qualidade nas fotos. Podemos citar como smartphones com modo retrato inferior modelos como o Zenfone 4, o Moto X4 e o Moto Z2 Force. Leia mais

  • Lente grande angular

    Outro recurso popular em câmeras duplas - e até mais interessante do que o modo retrato - é a lente grande angular. O recurso faz o celular captar uma área maior nas fotos, deixando elas com um estilo de GoPro. O melhor do mercado atualmente com esse recurso é o LG G6, que conta com lente grande angular tanto na câmera traseira quanto na frontal (ou seja, diga adeus ao pau de selfie). Existem outros modelos com grande angular como o Zenfone 4 (só na câmera principal) e Zenfone 4 Selfie ou Selfie Pro (só na câmera frontal). Leia mais

  • Reconhecimento facial 3D

    Talvez este seja o único recurso realmente único do badalado iPhone X, da Apple. O caríssimo celular da companhia conta com um reconhecimento facial 3D que a empresa garante ser extremamente seguro - no entanto, algumas falhas já foram relatadas por aí. Esse reconhecimento facial é a forma de desbloquear o smartphone em alternativa à senha, já que a biometria do dedo foi eliminada do produto. Leia mais

  • Reconhecimento de íris

    A Samsung também tem seus próprios recursos de segurança para desbloquear seus celulares. Tops de linha da companhia, o Galaxy S8 e o Galaxy Note 8 contam com um reconhecimento da íris do usuário. A tecnologia faz o smartphone ser desbloqueado ao simplesmente olharmos para ele, utilizando as câmeras do dispositivo. Mas vale dizer que ele não funciona em ambientes escuros, quando estamos com óculos escuros ou quando acabamos de acordar - ao contrário do reconhecimento facial 3D do iPhone X.

  • Escaneamento 3D

    Uma tecnologia, digamos, estranha. A Sony conta com um celular que cria imagens 3D. O Xperia XZ1 é o primeiro celular comercial a trazer de fábrica um software gerador de modelagem 3D que funciona a partir da sua câmera. O resultado pode ser compartilhado em redes sociais (com um link para o site da Sony), usado em animações de realidade aumentada com a câmera do celular, em um papel de parede no celular, em vídeos 3D e até em impressões 3D. O resultado é um pouco parecido com o recurso "foto virtual" de alguns celulares da Samsung, como o Note 8. Leia mais

  • Traseira LED

    Mais um recurso diferentão. Se o que importa pra você é deixar sua marca em qualquer lugar que você vai, imagina aparecer nos rolês com um celular que pisca? Pois o Alcatel A5 LED e o A5 Max LED contam, como o próprio nome diz, com luzes de LED na traseira do dispositivo. As luzes "dançam" literalmente conforme a música, com base no toque escolhido pelo usuário e também ao receber notificações. Leia mais

Mais Tecnologia