Topo

Tecnologia


Facebook ganha posts 3D interativos; veja mais notícias do dia em Tec

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

2018-02-21T18:42:28

21/02/2018 18h42

O Facebook já permite usar objetos tridimensionais nas publicações dos usuários desde outubro de 2017. Agora, a empresa liberou uma versão avançada da ferramenta, que permitirá interagir com os modelos 3D usando óculos de realidade virtual.

Os usuários do Facebook podem arrastar objetos 3D do News Feed para a página Facebook Spaces, o espaço de realidade virtual da rede social.

No futuro próximo, a rede social permitirá interagir com os objetos 3D usando realidade aumentada. Para o diretor de VR social do Facebook, Ocean Quigley, essa é uma progressão natural para uma rede que "foi de textos para fotos, para vídeos e para mídias imersivas".

VEJA TAMBÉM:

Confira outras notícias do dia em Tec:

  • Reprodução

    Facebook vai competir com Spotify?

    O Facebook fechou um acordo com a ICE Services, grupo internacional que representa mais de 290 mil artistas em 160 países, para oferecer licenciamento e pagamento de royalties para músicas usadas na rede social, no Instagran, Oculus e Messenger.

    Só o WhatsApp ficou de fora, porque a ICE entende que o app de bate-papo é "uma ferramenta de comunicação similar ao email" e que ainda precisa ser estudada.

    Ao que parece, o Facebook está se preparando para entrar na disputa pelo mercado de distribuição musical digital, terreno disputado pelo Spotify e pela Apple. Recentemente, a empresa fechou acordos com gravadoras para evitar problemas jurídicos com os vídeos publicados na rede social, mas também para, potencialmente, criar um serviço de streaming de música.

  • Reprodução

    Twitter vai bloquear usuários que encorajarem suicídio

    O Twitter atualizou seu guia do usuário com informações sobre como lidar com tuítes ou perfis que encorajam outras pessoas a se machucarem ou a cometerem suicídio. Mais importante, agora você pode reportar esses perfis, tuítes e mesmo mensagens privadas.

    Os usuários que realizarem esse tipo de comentário serão bloqueados temporariamente e os tuítes serão apagados. Se o comportamento voltar a se repetir, o usuário terá sua conta suspensa da rede social.

  • Esse cachorrinho se chama bitcoin

    Até que demorou para acontecer: alguém achou que bitcoin era um nome bonito para um cachorro. Foi o que pensou o dono de um filhote da raça Maltês. E, claro, o cachorrinho tem um perfil no Instagram, onde você pode acompanhar o dia a dia do fofinho bitcoin.

    Temos que admitir que o brinquedo em forma de cifrão é bem apropriado.

  • Divulgação

    Barbie vai ensinar programação para crianças

    A fabricante de brinquedos Mattel, em parceria com a Tynker, vem ensinando crianças nos EUA a programar, com software licenciado das marcas Hot Wheels e Monster High. Agora, quem vai entrar na brincadeira é a boneca Barbie.

    Serão lançadas sete lições de programação estrelados pela personagem. O objetivo é apresentar o tema para 10 milhões de crianças até 2020, além de falar sobre novas carreiras para as meninas, como astronauta e engenheira de robótica.

  • Reprodução

    Mixer permite comprar jogos enquanto assiste a stream

    A Microsoft anunciou um novo recurso para a plataforma de streaming de jogos Mixer. A função Direct Purchase permite que quem está assistindo compre o jogo ou DLC que está sendo transmitido, sem precisar sair do player ou pausar a stream.

    O streamer precisa escolher qual versão do jogo está sendo promovida ou se é algum conteúdo extra ou expansão. O streamer ganha 5% das compras feitas usando o Direct Purchase durante a transmissão. Os jogos são vendidos via Xbox Game Store ou pela loja do Windows 10.

Mais Tecnologia