Topo

Tecnologia


6 tecnologias que não existiam há 10 anos e com as quais a gente não vive

iStock
Tinder, Google Street View ou até mesmo 4G são algumas das tecnologias que surgiram depois de 2008 Imagem: iStock

Marcelle Souza

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2018-12-29T04:00:00

29/12/2018 04h00

Para muita gente, dez anos nem é tanto tempo. O ano de 2008 "parece que foi ontem". Na tecnologia, as novidades podem fazer os anos voarem. Quer uma prova?

Você se lembra que não havia iPad em 2008? Ou que as trocas de mensagens eram feitas por SMS naquele ano? Nessa época, a gente não tinha Android no Brasil (uma novidade daquele ano lançada nos Estados Unidos) e tecnologia 4G era coisa de um futuro muito distante.

Ah, e nada de imagens do Google Street View ou o Tinder para juntar os casais apaixonados (ok, e outros nem tanto!).

Relembre a seguir algumas tecnologias que mudaram a nossa vida, mas nem são tão velhas assim:

  • WhatsApp

    Você ainda se lembra como era mandar um SMS? Pois era desse jeito que as pessoas se comunicavam pelo celular em 2008, além da tradicional --e hoje bem menos frequente-- chamada telefônica. O WhatsApp foi criado em 2009, mas só em 2012 caiu de vez no gosto dos brasileiros. De lá para cá, ficamos bem mais próximos daqueles parentes distantes e até de vizinhos antes desconhecidos. E muita gente surtou nos momentos em que a Justiça brasileira decidiu tirar o aplicativo do ar. O Telegram, outro serviço de mensagens muito usado por aqui, é bem mais jovem: surgiu em 2013.

  • Google Street View

    A ferramenta foi lançada em 2007 nos Estados Unidos, mas os primeiros carros equipados para fazer imagens em 360 graus só chegaram ao Brasil em 2009. Elas foram ao ar a partir de 2010, ano em que muita gente pesquisava endereços conhecidos só para saber o Google já tinha passado pela sua rua. Hoje, além dos carros, as fotos são capturadas por mochilas, triciclos e até veículos para neve equipados com câmeras especiais. Além disso, há um robô mais estreito e ágil, que já registrou o interior de museus, estádios e visitou a Casa Branca.

  • iPad

    É verdade que os primeiros tablets foram lançados no início dos anos 2000, mas eles precisavam de canetas especiais e encontrar um desses por aí era coisa rara. Em 2010, no entanto, foi lançado o primeiro iPad, que conseguiu revolucionar o mercado de tecnologia com sua tela sensível ao toque dos dedos, virando uma alterativa entre o smartphones e os notebooks. Desde então, há quem diga que o aparelho tenha evoluído muito pouco. Em seu último anúncio, por exemplo, a Apple lançou um iPad com pacote escolar.

  • Tinder

    Lançado em 2012, o Tinder mudou a forma de encontrar um relacionamento pela internet. Se a geração anterior passava horas nas salas de bate-papo em busca de um amor, agora há muitas opções para quem anda entediado e quer companhia para sair em um sábado à noite. Tudo bem, ele exige dedicação e paciência, e muitas vezes os encontros são uma verdadeira furada. Depois do Tinder, outros aplicativos, como Happn (lançado em 2014), chegaram ao mercado para unir casais apaixonados ou ajudar quem busca sexo casual.

  • 4G

    Essa tecnologia, que aumentou a nossa velocidade de conexão em dispositivos móveis, só chegou ao Brasil em abril 2013. O primeiro leilão foi realizado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em meados de 2012, com o intuito de implantar o 4G primeiro nas cidades-sede da Copa das Confederações em 2013. Em seguida, o sistema foi ampliado, para que mais usuários tivessem acesso à tecnologia até a Copa de 2014. Em outubro de 2017, o número de celulares com a tecnologia 4G já ultrapassou o de celulares 3G no Brasil. O problema é que o sistema não acompanhou esse crescimento e a conexão ainda é bem ruim por aqui.

  • Google Android

    Em setembro de 2008, o Google anunciou a criação do sistema Android, com o lançamento do smartphone T-Mobile G1, aparelho que ainda ficava bem atrás do primeiro iPhone, anunciado em 2007. Na época, o sistema dava acesso a aplicativos do Google, suporte para Wi-Fi e Bluetooth. Como a maioria das novidades tecnológicas, demorou uns meses até que os primeiros aparelhos Android chegassem ao Brasil, o que só aconteceu a partir de 2009. De lá para cá, no entanto, o Android cresceu e foi aprimorado, até se tornar o sistema operacional mais usado no mundo.

Mais Tecnologia