Topo

Tecnologia


Presidente da França recebe Zuckerberg e outros empresários de internet

Jim Watson/AFP
Mark Zuckerberg durante audiência no congresso dos Estados Unidos Imagem: Jim Watson/AFP

23/05/2018 08h32

O presidente da França, Emmanuel Macron, recebe nesta quarta-feira (23) cerca de 50 dirigentes das principais empresas do setor digital mundial, incluindo o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, para convencê-los a se comprometerem em favor da educação, da saúde e do emprego.

Além de Zuckerberg, na lista de convidados para este encontro a portas fechadas chamado de "Tech for Good", estão Satya Nadella (Microsoft), Dara Khosrowshahi (Uber), Ginni Rometty (IBM), Bill McDermott (SAP) e Jimmy Wales (Wikimedia), entre outros.

Veja também: 

Esta reunião acontece em plena tempestade pelo vazamento de dados, notícias falsas, ou evasão fiscal que arranharam a imagem de várias dessas grandes companhias.

Zuckerberg chegará diretamente de Bruxelas, onde, na terça-feira, desculpou-se no Parlamento Europeu pelo "dano" causado pelas falhas na proteção dos dados dos usuários da popular rede social, no escândalo da empresa britânica Cambridge Analytica, acusada de ter manipulado os eleitores americanos.

Macron, que quer transformar a França em uma "nação startup", está buscando "iniciar um diálogo franco e direto" com os responsáveis pelos gigantes digitais sobre "a regulação, ou a governança internacional", explicaram conselheiros da Presidência.

Considerado um presidente pró-empresa após as reduções dos impostos sobre grandes fortunas e ganhos de capital, Macron também defende ativamente em Bruxelas a imposição de impostos mais altos para os gigantes de Internet. Muitas dessas empresas pagam muito pouco imposto na França, na avaliação do governo.

Você é o produto: cada passo que você dá na web gera rastros e essas informações são usadas para te vigiar e influenciar o seu comportamento

Entenda

Mais Tecnologia