PUBLICIDADE
Topo

Facebook abre Messenger para quem não tem conta na rede social

Em Los Angeles

24/06/2015 19h58

O Facebook anunciou nesta quarta-feira que permitirá a qualquer pessoa utilizar o serviço de mensagens instantâneas, o Messenger, através do aplicativo para móveis, independente de o usuário ter ou não conta na rede social.

Os novos usuários poderão se registrar apenas com o nome e número de telefone na tela de início, e incluir uma imagem de perfil. Até agora, o Messenger era um aplicativo exclusivo para usuários do Facebook.

A rede social habilitará a nova opção progressivamente, primeiro no Canadá, nos Estados Unidos, no Peru e na Venezuela.

A atualização do Messenger permitirá que os não membros do Facebook possam compartilhar fotos, vídeos, mensagens de textos e realizar chamadas e videochamadas, e manter conversas em grupo com os usuários da rede social.

No início de junho o diretor-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou que o Messenger tinha 700 milhões de usuários ativos mensais, apenas 100 milhões a menos do que o Whatsapp, a ferramenta de referência neste nicho dos serviços de mensagem online.

Facebook criou o Messenger em 2011, e em 2014 lançou essa ferramenta como um aplicativo móvel diferente do Facebook, embora vinculado à rede social.

Ano passado o Facebook comprou o Whatsapp por US$ 22 bilhões.