Topo

Tecnologia


Vício em internet pode ser incluído em guia médico internacional de transtornos mentais

Getty Images
Inclusão do vício em internet no guia médico internacional poderá auxiliar no tratamento de crianças que têm o transtorno Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2012-10-03T15:47:32

03/10/2012 15h47

A próxima versão do Guia Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, publicação internacional dirigida a profissionais da área de saúde, deve incluir o vício em internet na lista de distúrbios psiquiátricos, segundo o “Daily Mail”. O objetivo é acelerar o diagnóstico de crianças e jovens com o transtorno.

O DSM-IV (sigla em inglês para o guia) deve sair em maio do próximo ano. Especialistas da Sociedade Australiana de Psicologia sugeriram que o vício em internet fosse incluído no manual internacional. O distúrbio ficará listado como “recomendado para estudo futuro”.

A principal preocupação dos especialistas ao solicitar a inclusão do vício em internet no manual é com as crianças. Com mais profissionais de saúde estudando o transtorno mental, fica mais fácil o diagnóstico dos pacientes, em sua maioria jovens, segundo Mike Kyrios, da Universidade de Swinburne. “Com crianças, os videogames são uma questão óbvia. Mas em geral a tecnologia pode ser um problema em potencial”, disse o pesquisador.

Emil Hodzic, dono de uma clínica de tratamento de vício em videogames em Sydney, alerta para a crescente chegada de pacientes jovens ao local – alguns com menos de 12 anos. “O sinal mais típico do vício são os sintomas de abstinência. Qualquer sinal de angústia, irritabilidade, frustração quando eles não podem acessar a internet”, detalhou Hodzic.

Mais Tecnologia