Topo

Tecnologia


Produtora de filmes pornô nos EUA começa gravação de vídeos em 4k

Do UOL, em São Paulo

2014-01-13T14:01:55

13/01/2014 14h01

A Naughty America, produtora norte-americana de filmes pornográficos, já iniciou a produção de vídeos em UHD (ultradefinição), tecnologia também conhecida como 4k, de acordo com informações do “Wall Street Journal”.

Com o número cada vez maior de TVs com telas de ultradefinição sendo lançados por empresas como Samsung, LG e Sony, também é necessário produzir conteúdo compatível para exibição em 4k (3.840 pixels x 2.160 pixels; equivalente a quatro vezes o Full HD).

Enquanto empresas como Amazon e Netflix fazem parcerias com grandes estúdios de entretenimento para a produção de conteúdo 4k, pequenas produtoras terão de lançar mão de investimentos altos para acompanhar a tendência.

Ao “Wall Street Journal”, Andreas Hronopoulos, diretor-executivo da  Naughty America, disse que o investimento na criação de conteúdo em 4k é o maior já feito em tecnologia pela empresa.

Além da compra de câmeras que filmam em UHD, os produtores precisam de computadores potentes para edição e armazenamento dos arquivos em vídeo. Cerca de 30 minutos de imagens podem chegar a ocupar 1 TB (terabyte) de espaço em disco. O material, além disso, precisa ter um backup e estar acessível em servidores.

Mas Hronopoulos considera que o investimento valerá a pena, pois a tecnologia dá aos telespectadores a “sensação de que estão realmente na cena”. “Quanto mais dermos a impressão de que você está ali, mais sucesso vamos ter.”

Os planos para o conteúdo adulto, diz Hronopoulos, deverão ter um acréscimo de US$ 10 (R$ 23) na mensalidade de US$ 24,95 (R$ 58,45) cobrada atualmente nos planos com vídeo em HD. 

Mais Tecnologia