Topo

Tecnologia


Holandês imagina Facebook, Instagram e "Angry Birds" em décadas passadas

Alexander van der Linden
Jornalista holandês Jo Luijten, 35, faz vídeos com temática retrô para o canal Squirrel Monkey Imagem: Alexander van der Linden

Guilherme Tagiaroli

Do UOL, em São Paulo

2014-02-21T06:02:00

21/02/2014 06h02

O jornalista holandês Jo Luijten, 35, aparentemente está preso ao tempo. Prova disso são seus vídeos com estética retrô postados no YouTube, no canal Squirrel Monkey. Tratam-se de falsos comerciais, mostrando como como seriam gadgets e serviços de internet contemporâneos, caso se tivessem sido inventados na década de 80 ou 90.

Luijten começou a fazer vídeos em 2012 com a ajuda de sua namorada, Kinna McInroe. Desde então, já fez uma versão do jogo “Angry Birds” com visual de Atari e um comercial para o Instagram, como se ele tivesse inventado na década de 80 (nesse caso, o usuário deveria enviar o filme da câmera fotográfica por correio para as imagens serem postadas).

Apesar de ganhar dinheiro com o canal (ele não revela quanto), o holandês produz os vídeos apenas como hobby. Em entrevista ao UOL Tecnologia, ele fala como consegue fazer vídeos parecerem antigos, por que começou o projeto e planos para os próximos:

UOL Tecnologia: Quando e por que você começou a fazer vídeos?

Jo Luijten: Acho que minha paixão pela nostalgia é o maior motivo de eu fazer esses vídeos. Comecei em 2012 após ver uns vídeos da BBC da série “Look around you”, que faz paródias de programas de educação do início da década de 80. A ideia de criar um mundo que nunca existiu no passado me intrigou.

Na década de 80, era viciado em um programa de TV chamado “Wondere Wereld” (Mundo maravilhoso, em tradução livre do holandês), onde eles mostravam protótipos de invenções, robôs, programas e dispositivos. Eu ficava fascinado com a mágica da tecnologia da informação e dos eletrônicos.

Então, desenvolvi alguns hobbies estranhos, como criar antenas, escrever programas [software] e transmitir teletexts [técnica usada na década de 80 para transmitir imagens para a TV].

UOL Tecnologia: Por que você gosta tanto da década de 80 e 90? A maioria dos vídeos tem referência a essas décadas.

Luijten: Durante a década de 80 e o início da de 90, o computador era um hobby obscuro, mas ao mesmo tempo especial. Naquela época, eu podia dividir meu computador com meu irmão e meus primos, mas na escola ninguém ligava, sobretudo as garotas.

Gosto de reparar como tudo isso mudou. Hoje em dia é estranho não ter um computador, e a maioria dos assinantes de nosso canal é do sexo feminino. Também descobri que muitos dos seguidores jovens do canal são parte da cultura “hipster”, que ama tecnologia, história e arte antiga.

Como seria o jogo Angry Birds na década de 80

UOL Tecnologia: Por que você decidiu fazer uma nova versão desses serviços/produtos?

Luijten: O primeiro vídeo, sobre o “Angry Birds”, foi feito num dia que eu estava sem paciência. Eu só queria fazer um vídeo bobo sobre um passado alternativo. Usei o Paint Brush e fiz alguns sons no QuickBasic [um sistema de programação da Microsoft]. Terminei em menos de uma hora. Não imaginava que conseguiria mais de 3 milhões de visualizações.

Faço quase todos os vídeos com minha namorada, Kinna. Nós então começamos a querer fazer mais, pois vimos que as pessoas gostavam daquilo. Também queríamos causar uma reação. Os vídeos do Squirrel-Monkey fazem as pessoas pensarem sobre como as redes sociais e os games afetam as vidas das pessoas.

Eu adoraria ver a reação ao vivo e a interpretação das pessoas dos vídeos que fazemos. Alguns acham que fazemos para mostrar como as redes sociais são inúteis. Outros acreditam que nós queremos mostrar o quão legal elas são.

UOL Tecnologia: Qual é o seu vídeo favorito?

Luijten: Acho que o meu favorito é o do Facebook. Nós colocamos algumas mensagens escondidas nele e, na época, a rede introduziu a linha do tempo. Quase todo mundo odiou naquela época, mas hoje as pessoas adoram.

Como seria o Facebook no início da década de 90 (em inglês)

UOL Tecnologia: Como você produz os vídeos? Você tem computadores com o DOS e o Sistema Windows 3.11?

Luijten: Eu uso o DOS e alguns softwares antigos para criar algumas partes dos vídeos, mas eu os edito no Windows e no Mac OS. No meu último vídeo, por exemplo, eu usei uma fita cassete. A interface gráfica vista nos vídeos é real, pois eu as programei no QuickBasic.

UOL Tecnologia: Você ganha dinheiro com os vídeos?

Luijten: Sim, mas eu não gostaria de dizer quanto.

UOL Tecnologia: Quais são as próximas produções?

Luijten: Queremos mostrar uma versão do Google Glass. Em nosso ultimo vídeo, a gente fez uma pequena prévia. Também temos planos de traduzir os vídeos para espanhol e consideramos também português. Nossos vídeos na América Central são mais vistos que na Holanda e encaro isso como um grande elogio.  

Mais Tecnologia