Topo

Tecnologia


S6 Edge+ chega ao Brasil a partir de 4 de setembro por R$ 3.999

Larissa Leiros Baroni

Do UOL, em São Paulo

2015-08-27T12:07:46

27/08/2015 12h07

O Galaxy S6 Edge + --versão grande do smartphone com tela curva da Samsung-- chega ao mercado brasileiro a partir de 4 de setembro por R$ 3.999 (32 GB), nas cores preta e dourada. 

O preço está na mesma linha do iPhone 6 Plus, que custa de R$ 3.899 (16 GB) a R$ 4.699 (128 GB), e do S6 Edge, vendido por R$ 3.499 (32 GB) e R$ 4.299 (64 GB).

"A princípio a Samsung traz apenas o modelo de 32 GB de armazenamento interno, mas não descarta, no futuro, colocar a versão de 64 GB a disposição dos consumidores brasileiros", afirma Roberto Soboll, diretor de produto mobile da Samsung. 

A sul-coreana manteve a tendência dos últimos lançamentos e aboliu o armazenamento expansível e a bateria removível no S6 Edge+. "Com a computação em nuvem, a preocupação com espaço de armazenamento acaba ficando em segundo plano."

Com tela super Amoled de 5,7 polegadas, o S6 Edge+ nada mais é que uma versão mais robusta do smartphone S6 Edge. A principal diferença é que a lateral da tela curvada deixa de ser restrita a diferenciação de contatos e passa a ser compatível com alguns apps. 

O novo aparelho também se destaca em relação à capacidade da memória RAM, que passa de 3 GB para 4 GB. O incremento pode ser bastante útil para usuários multitarefa, já que quanto maior a potência mais agilidade para a abertura de apps simultaneamente. 

Já a capacidade da bateria passou de 2.600 mAh para 3.000 mAh, com a inclusão de um carregamento por wireless, que, segundo a Samsung, viabiliza a carga em 120 minutos --uma hora a menos do que os modelos anteriores.

As demais especificações do S6 Edge+ se repetem a de sua versão menor. O aparelho manteve o processador de oito núcleos [quatro de 2,1 GHz e quatro de 1,5 GHz], bem como as câmeras de 16 MP (principal) e 5 MP (frontal), e a produção de vídeos em 4 K.

O lançamento, no entanto, incluiu um recurso que possibilita a transmissão de vídeos ao vivo via YouTube. "O usuário poderá compartilhar o link da produção com amigos previamente autorizados, que poderão ter o acesso ao conteúdo em tempo real ou até mesmo depois da gravação", explica Soboll.

Note 5 vem no final do ano

Juntamente com o S6 Edge+, a Samsung lançou o Note 5 --quinta geração da linha de celulares conhecida por inaugurar a categoria "phablets" (telefone-tablet). Mas, diferente do que aconteceu nos Estados Unidos, onde os dois modelos chegaram ao mercado simultaneamente, o Note ainda não tem data confirmada para vir ao Brasil. A empresa afirma, no entanto, que o produto deva estar disponível ao consumidor brasileiro até o final do ano.

O novo Note ganhou poucas melhorias de software e hardware, além do visual refinado. Com uma traseira curvada, o aparelho passa a ter um design mais compatível com o seu preço, substituindo o plástico por acabamento metálico.

Possui praticamente as mesmas características do S6 Edge+. A grande diferença está na S. Pen --caneta digital exclusiva à linha Note. O modelo ganhou mais precisão na escrita. As anotações também deixaram de ser restritas ao desbloqueio do celular ou a abertura de um app. Passou a ser possível, por exemplo, fazer intervenções na tela de bloqueio.

O menu Air Command, ativado pelo botão da caneta, também vem com novo visual e pode ser personalizado com os recursos mais usados pelo dono do aparelho. Quem não gosta da função touch pode optar a um teclado físico, que é vendido como acessório para o Note 5. 

Mais Tecnologia