Topo

Tecnologia


iPhones 6s e 6s Plus passam por maratona de testes de resistências; veja

Do UOL, em São Paulo

2015-09-28T17:55:47

28/09/2015 17h55

Menos de uma semana depois do início das vendas dos iPhones 6s e 6s Plus, os novos aparelhos da Apple já são alvos de diversos testes de resistência. Será que os aparelhos conseguem resistir às tradicionais quedas, à água e ao incomum banho de nitrogênio líquido? 

Os youtubers não perderam tempo e já colocaram os aparelhos à prova. E não é que eles se saíram razoavelmente bem no quesito queda? Com a substituição do alumínio de série 6061 pelo de série 7000, o chassi dos iPhones 6s e 6s Plus ficou um pouco mais resistente.

A resistência foi comprovada no canal TechSmartt, que simulou a queda dos aparelhos em diferentes alturas. Os dispositivos saíram ilesos até a altura de 1,60 metro - só tiveram arranhões e alguns amassados nas bordas. O iPhone 6s não teve a mesma sorte na queda a uma altura de cerca de 3 metros. O display --que caiu de cara no chão-- trincou, embora não tenha afetado as funcionalidades do aparelho. Já o iPhone 6s Plus se mostrou mais resistente e não sofreu grandes estragos.

A fraqueza dos aparelhos está, mesmo, no tipo de queda, como mostrou o canal DroidModderX Root Master. Nesses testes, os iPhone 6s e iPhone 6s Plus não se mostraram muito resistentes a uma queda de lado. O baque no asfalto deixou o display todo rachado.

Afogamento dos iPhones

Mesmo não sendo caracterizados como à prova d'água, o youtuber Zach Straley decidiu "afogar" os novos aparelhos da Apple, que passaram 30 minutos submersos. Curiosamente, a experiência não comprometeu os recursos dos iPhones. Pelo menos na primeira avaliação. Isso porque, 48 horas após os testes, a tela do iPhone 6s apresentou uma linha diagonal no display, mas nada que tenha afetado suas funcionalidades.

Os lançamentos, no entanto, não resistiram ao banho de nitrogênio líquido realizado pelo canal FullMag. Mas tudo bem, já que a substância não é um problema comum para os donos de iPhone.

Mais Tecnologia