Topo

Tecnologia


"Suas vozes foram ouvidas", disse Zuckerberg sobre desbloqueio do WhatsApp

Josh Edelson/AFP
Imagem: Josh Edelson/AFP

Do UOL, em São Paulo

2015-12-17T15:36:16

17/12/2015 15h36

Em comemoração à decisão judicial que determinou o desbloqueio do WhatsApp em todo o Brasil, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, usou o seu perfil na rede social para agradecer a "comunidade pela ajuda".

 

WhatsApp is now back online in Brazil! Your voices have been heard and the block has been lifted. Thank you to our...

Posted by Mark Zuckerberg on Quinta, 17 de dezembro de 2015

"O WhatsApp está de volta no Brasil! Suas vozes foram ouvidas e o bloqueio foi suspenso", afirmou ele, que mais cedo tinha feito um pedido ao povo brasileiro: "faça sua voz ser ouvida e ajude seu governo a refletir a vontade do povo." 

 

Tonight, a Brazilian judge blocked WhatsApp for more than 100 million people who rely on it in her country.We are...

Posted by Mark Zuckerberg on Quinta, 17 de dezembro de 2015

O aplicativo de mensagens foi bloqueado à 0h desta quinta-feira (17) por decisão da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, em São Paulo. A medida, segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, foi tomada dentro de um processo criminal, que corre em segredo de justiça.

O pedido era de suspensão por 48 horas. Mas, 12 horas após o bloqueio, o desembargador Xavier de Souza, do TJ-SP, determinou a liberação do WhatsApp em todo o Brasil, em caráter liminar. "Não se mostra razoável que milhões de usuários sejam afetados em decorrência da inércia da empresa [em fornecer informações à Justiça]", declarou o magistrado, que propôs "a elevação do valor da multa a patamar suficiente para inibir eventual resistência da impetrante".

Agora o julgamento do mérito será analisado pela 11ª Câmara Criminal. Como o TJ-SP entra em recesso na próxima segunda-feira (21) e retorna em 7 de janeiro, a análise fica para o ano que vem, sem data definida.

Mais Tecnologia