Topo

Tecnologia


Tatuagem eletrônica criada em Israel monitora emoções do rosto

Divulgação/Tel Aviv University
Eletrodo pode reconhecer movimentos musculares Imagem: Divulgação/Tel Aviv University

Do UOL, em São Paulo

2016-07-12T08:52:05

12/07/2016 08h52

Especialistas em nanotecnologia da Universidade de Tel Aviv, em Israel, desenvolveram uma "tatuagem" eletrônica que monitora os movimentos musculares do rosto. O invento é feito com um eletrodo de carbono preso à pele com um adesivo, além de um revestimento com um polímero condutor para aprimorar o desempenho do eletrodo.

Segundo o anúncio, o eletrodo grava "um sinal forte e constante por horas a fio sem irritar a pele". As expressões faciais são registradas por meio de sinais elétricos que passam pelos músculos do rosto.

Para os criadores, a tatuagem poderá ter aplicações na medicina, como por exemplo na restauração de nervos e de tecidos danificados, além de "levar a novas descobertas sobre a nossa vida emocional", segundo o anúncio. Citam ainda o uso em negócios e marketing, para testar reações do público a anúncios e outros estímulos.

Além disso, os dados coletados poderiam indicar o estado de alerta de motoristas na estrada, o nível de controle muscular de pacientes em recuperação após um acidente vascular ou lesão cerebral, ou médicos podem empregar o eletrodo em amputados que queiram mover membros artificiais com os músculos restantes.

"Pesquisadores de todo o mundo estão tentando desenvolver métodos para emoções de mapeamento através da análise de expressões faciais, principalmente por meio de fotos e software inteligente. Mas o nosso eletrodo fornece uma solução mais direta e conveniente", disse o professor Yael Hanein, chefe da equipe que criou a tatuagem.

"Nossa tatuagem permite que os pacientes continuem com suas rotinas diárias, enquanto o eletrodo monitora sua atividade muscular e nervosa", disse Hanein. "A ideia é: colá-la em você e esquecê-la".

Mais Tecnologia