Topo

Tecnologia


Twitter cria nova ferramenta para fotos e vídeos não contarem caracteres

Divulgação
Mudanças anunciadas pelo Twitter em maio estão sendo lançadas nesta segunda-feira (19) Imagem: Divulgação

Do UOL, em Sâo Paulo

2016-09-19T14:03:17

2016-09-19T17:40:26

19/09/2016 14h03Atualizada em 19/09/2016 17h40

A partir desta segunda-feira (19), o Twitter oficializa uma grande mudança para "esticar" os 140 caracteres dos tuítes. A contagem do limite será usada apenas para textos, agora a publicação de conteúdo audiovisual --fotos, GIFs, vídeos e enquetes-- não vai mais gerar links que consumiam parte dos caracteres disponíveis para um tuíte.

A novidade foi anunciada em maio e só agora está sendo implementada. 

Para retirar os links de fotos e vídeos, o Twitter criou um novo botão que possibilita adicionar mídias: fotos, vídeos, GIFs e enquetes. Estes, ao serem colocados, não contarão nos 140 caracteres. Qualquer tipo de texto inserido no tuíte continuará contando.

Segundo o posicionamento oficial do Twitter, o objetivo é tornar a experiência dos usuários "mais intuitiva". Esse recurso já está disponível no aplicativo do Twitter para iOS e Android, na plataforma Tweet Deck e no site oficial.

A nota diz ainda que "outras mudanças anunciadas estarão disponíveis nos próximos meses", mas não especifica quais são elas.

No ano passado, a rede social já havia lançado um botão oficial para retuítes, com o objetivo de disseminar mensagens originais e acrescentar comentários sem que estes consumam o limite de 140 caracteres.

Ações em queda

Depois de um longo período de crescimento robusto, que transformou o Twitter numa das empresas mais "quentes" da internet, o desenvolvimento da plataforma desacelerou drasticamente nos últimos meses.

A inércia do Twitter resultou na saída do diretor executivo Dick Costolo, em julho do ano passado e, consequentemente, no regresso de Dorsey à posição de diretor executivo interino. Dorsey havia sido afastado do cargo em 2008.

É cada vez maior a pressão para que Dorsey tome medidas drásticas que impulsionem o aumento de usuários, já que as ações do Twitter despencaram, abaixo do preço inicial de 26 dólares de novembro de 2013.

Mais Tecnologia