Topo

Tecnologia


Não faça como nossos deputados: proteja celular com película anti-espião

Divulgação
Película anti-espião para iPhone Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

04/08/2017 04h00

Um dos "destaques" da sessão na Câmara que votou pelo arquivamento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer foi, de novo, o deputado Wladimir Costa (SD-PA), flagrado pedindo nudes em conversas no celular. Se ele usasse no aparelho uma película "anti-espião", que consegue escurecer quem vê a tela do celular visto de outros ângulos, talvez tivesse escapado do vexame.

Costa --o mesmo da polêmica tatuagem de hena de Temer-- não é o primeiro político que cai nas graças dos fotógrafos nessa situação: em 2012, o deputado federal Cândido Vaccarezza (PT-SP) foi visto enviando uma mensagem ao então governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), sugerindo uma blindagem petista a Cabral na CPI do Cachoeira, na qual estava envolvido.

No começo deste ano, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) também foi visto no WhatsApp dizendo que não visitaria seu filho, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), na Papuda (penitenciária do Distrito Federal).

A dica serve para os parlamentares ou para pessoas comuns: há muitos anos são vendidas películas que impedem a leitura sobre a tela do celular por parte de bisbilhoteiros que estejam ao lado ou acima da pessoa. A película permite, porém que o usuário visualize a tela de forma nítida quando está em frente a ela.

Além de garantir a privacidade, a película também protege a tela de arranhões e não atrapalha as funções touchscreen dos aparelhos. A desvantagem é que nem todos os celulares são compatíveis com esse acessório. No Brasil, a 3M vende películas para iPhones 6, 6S e 7 que têm preço sugerido de R$ 169 no site da Apple, mas pode ser encontrado por valores menores no varejo.

Sites de e-commerce como Mercado Livre vende películas para outros modelos de celular. Na pesquisa para esta notícia, encontramos similares para Galaxy S5, S6 e Gran Prime (Samsung), K10 (LG), Moto G2, G3 e G4 Plus (Motorola) e Xperia Z2 e Z3 (Sony). Mas as películas são de diversas fabricantes, com preços de R$ 14 a R$ 40. Também são vendidas películas para alguns tablets, notebooks e monitores de PCs.

A disponibilidade desse tipo de produto infelizmente não é das melhores: fora o Mercado Livre --que de vez em quando lida com problemas na idoneidade dos vendedores-- os grandes sites de compras, quando muito, só disponibilizam películas para iPhones. Talvez você vai precisar de paciência na busca no Google para encontrar a película certa para o seu modelo. Se o esforço valer a pena para proteger seus nudes, boa sorte.

Chilenas criam dispositivo que usa plantas para carregar smartphones

Reuters

Mais Tecnologia