Topo

Tecnologia


CIA demite cadela por ela se recusar a cheirar bombas

Reprodução/CIA
Lulu, cachorra demitida pela CIA Imagem: Reprodução/CIA

Do UOL, em São Paulo

19/10/2017 11h29Atualizada em 20/10/2017 08h33

Algumas publicações da CIA, serviço secreto do governo dos Estados Unidos, em sua página oficial no Twitter têm causado comoção entre os internautas pelo mundo.  O órgão decidiu publicar a história de Lulu, uma cadelinha adorável que foi demitida porque não queria farejar bombas.

“Nós estamos tristes em anunciar que em poucas semanas de treinamento, Lulu começou a mostrar sinais que ela não estava interessada em detectar o cheiro de explosivos”, publicou a CIA em sua conta. É, pelo visto nem todos nascem para o serviço secreto (rs).

Segundo o órgão, a “demissão” foi difícil, mas a decisão levou em conta o bem-estar físico e mental de Lulu. “Mesmo quando motivada com comida e brincadeiras, ela claramente não estava mais se divertindo”, descreveu a CIA.


Uma vez que ficou claro que Lulu não havia nascido para participar de missões especiais, ficou a dúvida sobre qual seria o futuro da cachorrinha.

A boa notícia é que Lulu foi adotada por seu treinador e, segundo a CIA, agora passa seus dias brincando com suas crianças (filhotes(, com outro amigo de quatro patas e cheirando coelhos e esquilos no quintal.

“Vamos sentir sua falta Lulu, mas foi a decisão certa para ela e nós desejamos para ela o melhor em sua nova vida!”, finalizou a CIA.
 

Mais Tecnologia