Topo

Tecnologia

Como é seu trabalho? Fotos hilárias de cientistas bombam no Twitter

Reprodução/Getty Images
Que cientista já não encarou uma galinha, não é mesmo? Imagem: Reprodução/Getty Images

Fabiana Uchinaka

Do UOL, em São Paulo

05/05/2018 12h11

Como a sua profissão é representada em bancos de imagens? A chance de ser uma foto bem distante da realidade é enorme.

Por exemplo, quando busquei "jornalista" no iStock Photo, a primeira que apareceu foi a de uma "jovem mulher que trabalha em um laptop em um loft". Ela está sorrindo adoravelmente, em seu apartamento com ares escandinavos, trajando um cashmere, balançando de leve seus cabelos vermelhos e nos ofuscando com sua pele alvíssima.

Qual a chance?, pergunta esta jornalista mãe de dois, no meio de um plantão, observando o sábado ensolarado lá fora.

Mas nada se compara à representação estereotipada dos cientista. Nos últimos dias, a hashtag #BadStockPhotosOfMyJob (algo como "fotos ruins de bancos de imagem do meu trabalho") tem reunido no Twitter fotos estranhas de algumas profissões, especialmente daquelas que envolvem pesquisas científicas.

Tudo começou quando Nicole Paulk, professora de bioquímica e biofísica da Universidade da Califórnia, em San Francisco (EUA), montava uma apresentação com fotos de bancos de imagens. Ela então começou uma busca por fotos mais realistas, que não mostrassem pessoas "com casacos de tweed e remendos nos cotovelo", diz ela, ao site The Verge.

Parece uma coisa simples, mas aparentemente para os banco de fotos os cientistas passam a vida apenas observando profundamente tubos com gelo seco.

"Ninguém no planeta, mesmo um cientista de gelo seco, jamais faria isso", desabafou Paulk no Twitter.

E aí a coisa escalonou e descobriu-se que a ciência é feita por pessoas que observam muito, muito profundamente líquidos coloridos. Ou galinhas. Ou pedras. Ou computadores num quarto escuro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber

Mais Tecnologia