Topo

Tecnologia

Fundador da Amazon quer que o homem volte à Lua até 2023

Divulgação
Blue Origin é uma das empreitadas de Jeff Bezos Imagem: Divulgação

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

06/07/2018 19h19

A Blue Origin, empresa de viagens aeroespaciais privadas do bilionário Jeff Bezos, fundador da Amazon, quer colocar o homem de volta na lua 51 anos após a missão Apollo 17, realizada em 1972 e a última vez que seres humanos caminharam pelo satélite natural da Terra.

Na última semana de junho, A.C. Charania, diretor de desenvolvimento da Blue Origin, afirmou que a companhia planeja uma missão de aterrissagem lunar antes de 2023. Tal feito "permitiria o retorno do homem à Lua", segundo o funcionário da companhia de Bezos declarou ao site "GeekWire".

VEJA TAMBÉM

A previsão feita durante a conferência NewSpace, realizada pela Space Frontier Foundation, é mais otimista que a última vez que Bezos comentou os planos da Blue Origin. Ao "Washington Post", jornal que ele é dono, o bilionário declarou em 2017 que a ideia era realizar a colonização da lua a partir da metade da próxima década - pelo visto o projeto foi acelerado.

O plano é tocado com auxílio da NASA, que investiu para que Blue Origin realizasse pesquisas sobre a lua. A empresa privada não é a única interessada na colonização lunar, já que a SpaceX, de Elon Musk, também tem planos para tal.

A própria NASA, além de agências espaciais da China e Rússia, também têm projetos semelhantes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber

Mais Tecnologia