Topo

Tecnologia


5 passos que você deve seguir se perder seu celular

Getty Images/iStockphoto
Há maneiras de buscar um celular perdido, ou se proteger caso ele não seja encontrado Imagem: Getty Images/iStockphoto

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

07/07/2018 18h31

Ficar sem o celular na atualidade é quase como esquecer de vestir as calças ao sair na rua. Tamanha nossa relação com os smartphones, bate um desespero quando percebemos que estamos sem nosso telefone.

Esqueceu o celular no trabalho? Foi roubado no ônibus? Deixou ele cair no meio da rua e não percebeu? O que não falta são situações para perder o aparelho, é sempre fino e fácil de esconder – um vão no sofá já basta para ele desaparecer.

VEJA TAMBÉM

Com isso em mente, o UOL Tecnologia lista cinco passos para tentar encontrar um celular perdido ou, no mínimo, diminuir os impactos negativos que isso pode ter em nossas vidas.

1º passo: Ligar para ele

Não é o uso mais comum na atualidade, mas os celulares são, antes de mais nada, telefones. E uma ligação telefônica é a melhor maneira de encontrar um aparelho que pode estar enfiado em algum canto de casa.

O barulho do toque, ou das vibrações, pode ser o que você precisa para identificar onde você enfiou o celular. Em caso de uma perda real do dispositivo, a ligação permitirá que você entre em contato com quem o encontrou.

2º passo: Rastrear o telefone

Os sistemas operacionais iOS e Android permitem que você encontre, em um mapa, onde estão os dispositivos vinculados à sua conta.

No caso dos celulares da Apple, você pode abrir o app “Buscar iPhone” ou acessar sua conta neste link. Ambos vão permitir que você localize onde está seu aparelho e que mande comandos distintos para assegurar a segurança dele. São três opções: acionar um alarme, ligar o “modo perdido” (que trava o smartphone) ou, em última instância, apagar a memória.

Se seu celular for um Android, o app a ser usado se chama “Localizar o meu dispositivo” ou a sua conta Google neste link. Os dois identificam aparelhos que sua conta está vinculada e permitem ações idênticas às do iOS: reproduzir som, proteger dispositivo e limpar dispositivo.

Tanto o modo perdido quanto o proteger dispositivo permitem que você inclua um contato para que, se um bom samaritano recuperar seu celular, ele saiba quem ir atrás.

3º passo: Reportar a perda

Seja para polícia, operadora de telefonia ou seus contatos, é importante informar que seu celular foi perdido.

Abrir um boletim de ocorrência é imprescindível se você precisar ativar o seguro do seu celular após um roubo, caso contrário não haverá ressarcimento.

Em paralelo a isso, a operadora precisará bloquear o chip com seu antigo número se o aparelho tenha se perdido de vez. Para isso é necessário ir atrás dela e comunicá-la, afinal ninguém quer ter que arcar com a conta de ligações enormes que você não fez.

Seus contatos próximos também devem ser informados de que certas mensagens que chegarem com seu nome podem não ser suas.

4º passo: Desvincular dispositivo de outras contas

Suas contas do Facebook, Twitter, Amazon e Google ficam associadas a todos dispositivos usados para fazer login, a não ser que você desvincule-as. É isso que você deve fazer se perder o celular, mesmo se tiver deletado tudo o que está nele por meio do “Buscar iPhone” ou “Localizar o meu dispositivo”.

No Facebook, o caminho para encontrar os dispositivos é no menu de configurações e, depois, em segurança e login. Lá você poderá ver onde você se conectou. No Twitter, você deve buscar a aba Apps nas configurações. Já no Google, o jeito é acessar as configurações de conta e então selecionar a opção “dispositivos usados recentemente”.

5º passo: Garantir que isso não aconteça de novo

Ninguém quer perder o celular, mas isso não impede você de se precaver em alguns sentidos. Ter um backup de seus contatos é algo imprescindível. Um seguro também ajuda, caso você tenha a infelicidade de ser roubado.

Só que se quem encontrar seu dispositivo for uma pessoa bem-intencionada, que for atrás de você para devolver o aparelho, ela pode ter dificuldades em encontrar. Uma sugestão, para quem tem iPhone, é ensinar a Siri que aquele smartphone é seu. Desta forma, se alguém perguntar à inteligência artificial, seu nome será exibido.

Mais Tecnologia