Topo

Tecnologia


Veja como um celular com tela dobrável pode ser útil

Reprodução/Conceito Artístico
Celular da Samsung poderá ser dobrável e ter três telas Imagem: Reprodução/Conceito Artístico

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em São Paulo

2018-07-17T11:24:01

17/07/2018 11h24

A expectativa sobre a próxima grande inovação que os celulares terão em breve é gigantesca. Mas a aposta que tem brilhado os olhos de muita gente é a existência de um celular com tela dobrável. 

Rumores envolvendo o futuro smartphone da Samsung estão cada vez mais fortes e há quem tenha certeza de que a empresa vai lançar um aparelho assim.

Apelidado de Galaxy X, especula-se que ele pode ser lançado já no ano que vem e talvez custe mais caro que o iPhone X.

Veja também

Para nos dar um gostinho a mais sobre como o novo aparelho pode ser e o quanto ter um celular dobrável pode ser legal e útil, o site Android Authority decidiu ilustrar algumas opções com base nos principais rumores.

Tipo flip

A possibilidade que parece ser menos trabalhosa é criar um celular parecido com aqueles modelos flip de antigamente (tipo fechar e abrir uma concha).

Para permitir isso, o corpo do aparelho teria uma espécie de dobradiça no meio. Dependendo da escolha da Samsung, a tela do smartphone poderia se dobrar para dentro ou para fora.

A vantagem aqui é o tamanho. Certamente, ele caberia bem mais fácil no nosso bolso.

Galaxy X pode ter tela dobrável tipo flip
Imagem: Android Authority
 

Três dobras

Pode parecer estranho de pensar, mas por que não um celular que se dobra em três?

Realmente, é o design mais interessante visualmente.

Segundo o site, a tela no tamanho normal teria 7 polegadas e o corpo seria bem fino. Com tudo dobrado, ele ficaria mais ou menos do tamanho de um cartão de banco e a tela disponível teria 3,5 polegadas.

Usar um celular assim seria vantajoso por ser pequeno e discreto. Além disso, a tela quando dobrada poderia servir como um relógio e mostrar as notificações de mensagens e ligações recebidas.

A ideia parece bem legal, mas o grande desafio é manter tudo funcionando com tantas dobras.

Ilustração mostra como o celular dobrável da Samsung pode ser
Imagem: Android Authority

Só o topo dobraria

No exemplo a seguir, apenas a “cabeça” do celular seria dobrável. O legal é que daria para usar parte do celular sem ter que fechá-lo totalmente.

A tela seria de 7,3 polegadas. Quando dobrada, sobraria 4,5 polegadas para usar.

Outra coisa interessante, é que o aparelho não precisaria de uma câmera de selfie, já que a câmera principal permaneceria na frente sempre que o celular fosse dobrado. E caberia até uma câmera dupla.

Confira modelos de como o celular dobrável da Samsung pode ser
Imagem: Android Authority

Um pouquinho mais de dobra

Outra possibilidade é que toda a parte superior ou inferior se dobre para dentro. Assim, o smartphone ficaria quase a metade do tamanho.

O display “normal” teria 8 polegadas. Dobrando, a sobra de tela seria de 3,6 polegadas e seria ótimo para exibir notificações e funcionar como relógio. O tamanho até parece pequeno, mas certamente alguém inventaria outra utilidade para a tela.  

Além disso, teria espaço suficiente para uma câmera com lente dupla. Então, as selfies também teriam a mesma qualidade das fotos tirada com as câmeras principais. 

O problema aqui é que, mesmo com o novo formato, o celular continuaria grande para a maioria dos bolsos, bem lembrou o site.

Uma saída seria a Samsung reduzir o tamanho da tela caso escolha fazer um smartphone com esse formato.

Ilustração mostra como Galaxy X pode ser
Imagem: Android Authority

E, aí? Qual deles você teria?

É bom lembrar que o grande desafio tecnológico ainda é garantir que aparelhos assim tenham uma tela com um bom tamanho, que não sejam muito grandes e que as dobras não impactem o desempenho e usabilidade dos celulares.

Mais Tecnologia