Topo

Tecnologia


Alô, Brasil! SP e RJ estão entre finalistas para receber "Uber voador"

Reprodução
UberAir já tem conceito pronto Imagem: Reprodução

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

2018-08-30T14:07:33

30/08/2018 14h07

As cidades do Rio de Janeiro e o Estado de São Paulo estão em uma curta lista de cidades finalistas pré-selecionadas pela Uber que podem receber testes de seu carro voador. O anúncio foi feito pela própria companhia de mobilidade em uma exposição realizada no Japão.

As outras cidades que disputam com o Brasil são Tóquio e Osaka (Japão), Mumbai, Nova Deli e Bangalore (Índia), Melbourne e Sydney (Austrália) e Paris (França). O Brasil disputa com apenas outros quatro países para receber os testes.

Veja também:

"Estes cinco países poderão ter o modelo de transporte completamente transformado com o uso dos veículos elétricos baseado em decolagem e aterrissagem vertical (VTOL). Vemos um enorme potencial na utilização de drones, criando um futuro de transporte realmente multimodal", afirmou Eric Allison, o chefe do programa de aviação da Uber. 

A Uber destaca São Paulo como "a principal operação da Embraer no mundo" e tanto a cidade paulista como o Rio como "dois dos maiores polos da Uber no mundo". Os dois locais também são citados como lugares com "grandes frotas de helicópteros, sinalizando uma demanda clara para o serviço aéreo compartilhado". 

Os concorrentes do Brasil também têm seus destaques. O Japão é citado como "um dos mais eficientes sistemas públicos de transporte e líder mundial em tecnologias e indústria automotiva". Já na Índia a empresa vê que a modalidade pode criar uma opção de transporte que combata congestionamentos. 

A Austrália é destacada como um país em que a Uber já teve conversas positivas com a Uber Elevate, enquanto Paris já receberá um Centro de Tecnologia Avançada para desenvolver carros voadores.  Versões demo do veículo voador podem ser testadas já a partir de 2020. A previsão é de que voos comerciais passem a ser feitos em 2023. 

Por agora, a Uber já definiu as cidades de Dallas e Los Angeles, nos Estados Unidos, como centros de testes para a nova tecnologia. Há alguns meses a companhia abriu uma busca por uma terceira cidade fora dos Estados Unidos para implementar seus “táxis voadores”.

O UberAir, como é chamado, funciona com uma decolagem vertical e pode atingir velocidades de até 240 km/h, a uma altitude de 2 mil pés. Os aviões elétricos podem fazer cerca de 96 km com uma carga de bateria.

Divulgação
UberAir deve ter testes iniciados em 2020 Imagem: Divulgação

A partir do momento em que for disponibilizado, usuários poderão pedir seu táxi voador pelo próprio app. Na exposição no Japão, a Uber ainda mostrou como seriam trajetos de voos dos carros voadores em cidades.

A Uber está procurando por cidades que tenham grande densidade de pessoas para que os voos façam sentido. A intenção é também trabalhar com regiões com grande conurbação de cidades no entorno. O ideal é que o município também já tenha cooperação com a Uber nas ruas.

Vou de app! Na briga com o Uber, os táxis não morreram

Confira o especial

Mais Tecnologia