Topo

Tecnologia


Muitos brasileiros preferem ficar nus em público a sair sem celular

Getty Images/iStockphoto
Vício em celular está passando vergonha de ficar nu em público Imagem: Getty Images/iStockphoto

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

2018-09-04T14:27:59

2018-09-05T09:10:06

04/09/2018 14h27Atualizada em 05/09/2018 09h10

O vício mundial em celulares tem atingido níveis cada vez mais altos. É o que comprova, por exemplo, um dado bem curioso identificado pela especialista em segurança digital Kaspersky: 22% dos brasileiros preferem ser flagrados pelados em público a sair de casa sem seu dispositivo conectado.

A pesquisa foi realizada no Brasil com 750 pessoas usuárias de dispositivos móveis. Ao todo foram ouvidos no mundo 11.250 pessoas, de 18 a 60, em 15 países. E, por sinal, os resultados mundiais apontam que 23% das pessoas preferem ficar sem roupa em público a estar sem seu celular.

Veja também:

O número de nudez não impressiona? Calma que tem mais. Ainda no Brasil, 23% dos brasileiros que responderam à pesquisa apontam que estar conectado é mais importante do que ter acesso fácil à água, comida e abrigo. Doideira, não?

A pesquisa ainda encontrou mais números interessantes. A imensa maioria dos brasileiros (91%) diz que ficaria tensa se seus dispositivos móveis fossem perdidos ou roubados – o número é maior do que os que se sentiriam nervosos se perdessem um trem ou avião (86%), sofressem um pequeno acidente de carro (85%) ou se ficassem doentes (84%).

Mais dados da pesquisa:

- 28% dos usuários que responderam se sentem nus quando não estão com aparelho conectado
- 24% já olharam para a tela do celular ao atravessar a rua
- 22% checou o celular enquanto andava em uma região desconhecida/perigosa

Recentemente, diversas empresas têm criado estratégias para combater o vício dos usuários em celulares. Google, Facebook, Apple e outras empresas já incluíram análises e soluções do tipo em seus produtos.

Mais Tecnologia