Topo

Tecnologia

Transporte

Sonho? Uber promete carro voador mais barato que carro comum

Reprodução
Uber voador pode virar realidade em um futuro próximo Imagem: Reprodução

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

27/09/2018 04h00

Estamos mais perto do que pensamos de termos carros voadores sobre nossas cabeças. Pelo menos é isso que a Uber anda divulgando. Depois de anunciar que colocou São Paulo e Rio de Janeiro como cidades que devem receber os testes nos próximos anos, agora ela diz que o preço pode ser mais barato do que pegar um carro comum da empresa na modalidade UberX.

Ao UOL Tecnologia, Tiana Jancovic, diretora da Uber no Brasil para desenvolvimento de negócios e soluções para a indústria automotiva, contou que a empresa não quer que o Uber Elevate, como a tecnologia é chamada, seja direcionado para "aquele 1%", como são os helicópteros hoje em dia:

A ideia não é ter um 'Uber Black Black' no Elevate. É trazer essa opção de forma conveniente e econômica para quem faça sentido usar [um carro voador]. Com o amadurecimento do produto ele pode custar menos que o UberX para alguns traslados   

Segundo ela, o transporte pelos ares não será destinado para curtas distâncias - como ir da avenida Paulista até a avenida Brasil, em São Paulo, trajeto que dá em torno de 3 km. É para quem precisa, por exemplo, ir do centro para cidades no entorno da Grande São Paulo, como o ABC paulista ou a região de Barueri. Ou para ir da capital ao aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

Veja também:

"A gente pensa muito em Viracopos. Várias linhas aéreas tentaram potencializar [o aeroporto], mas ele não é conveniente. É um aeroporto bom, que foi reformado e poderia ser potencializado. Esse poderia ser um destino que sairia mais barato do que o UberX. Não no lançamento, porque depende de escala e tudo o mais, mas a intenção é desenvolver isso a esse ponto", diz a executiva.

Atualmente, pegar um UberX de Pinheiros, em São Paulo, para Viracopos custa cerca de R$ 200.

No mercado, já existem opções de viagens de helicóptero no formato da Uber - em São Paulo, a empresa de voos por aplicativo Voom cresceu mensalmente 200%. O modelo, similar ao do Uber, permite solicitar um helicóptero com apenas uma hora de antecedência --basta o cliente dizer seu peso e o da sua bagagem para receber uma tarifa. Além de ser rápido para agendar, é bem mais barato que um táxi aéreo. 

Como funciona o carro voador

O UberAir funciona com uma decolagem vertical e pode atingir velocidades de até 240 km/h, a uma altitude de 2 mil pés. Os aviões elétricos, com capacidade para quatro pessoas e mais um piloto, podem fazer cerca de 96 km com uma carga de bateria. A partir do momento em que for disponibilizado, usuários poderão pedir seu táxi voador pelo próprio app.

Atualmente, a Uber visa fazer testes da tecnologia em três cidades. Duas já estão estabelecidas: Dallas e Los Angeles, nos Estados Unidos. A companhia já afirmou que a terceira será fora dos Estados Unidos, com São Paulo e Rio de Janeiro entre as finalistas para receber a tecnologia.