Topo

Tecnologia


Não é só para votar! e-Título, app mais baixado no Brasil, tem mais funções

Reprodução
Imagem: Reprodução

Helton Simões Gomes

Do UOL, em São Paulo

2018-10-05T04:00:00

05/10/2018 04h00

O e-Título, que transforma seu celular em um título de eleitor digital, virou um dos aplicativos mais baixados do Brasil a poucos dias antes da eleição presidencial, que ocorre neste domingo (7). O programa é o mais baixado para iPhones, batendo até WhatsApp, YouTube e companhia, e o terceiro mais buscado em celulares Android, à frente de Facebook e Instagram.

Lançado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em dezembro de 2017, o e-Título vai estrear na corrida eleitoral deste ano para substituir o documento em papel, mas guarda outras funções. Disponível para Android e iOS, o programa já havia sido baixado 6,8 milhões de vezes até a quarta-feira (3), segundo o TSE.

VEJA TAMBÉM:

Precisa de internet?

Uma das vantagens do programa é que ele só precisa de conexão à internet no primeiro cadastro, uma mão na roda caso o pacote de dados do eleitor tiver acabado no dia da eleição.

Precisa de outro documento para votar?

Na prática, o app serve como uma via digital do título de eleitor. Os eleitores poderão mostrar somente o programa para votar. Isso, no entanto, vale apenas para aqueles que já tiverem a biometria cadastrada.

VEJA TAMBÉM:

Os eleitores que ainda não tiverem registrado suas impressões digitais junto ao TSE terão que apresentar um documento com foto -- para votar, aliás, basta isso.

Como eu tiro o título de eleitor digital?

Para gerar o seu e-Título, é preciso ter em mãos o número do título de eleitor, data de nascimento e nomes do pai e da mãe. Caso você não saiba o número da sua inscrição eleitoral, basta selecionar a opção "consultar título e local de votação". Nesse campo, você deverá escrever nome da mãe e data de nascimento para obter o número.

Ao criar seu título eleitoral eletrônico, note que no campo data de emissão constará o dia em que a via eletrônica do título foi criada e não a data de geração do documento em papel.

Quais são as outras funções do e-Título?

O e-Título não funciona apenas como substituto da carteira de eleitor. Ele também dá acesso rápido a informações sobre o seu local de votação. Se você perdeu o dia da votação, tem de justificar sua ausência e não sabe onde ir, basta consultar o programa. O aplicativo lista colégios eleitorais onde é possível fazer esse procedimento.

VEJA TAMBÉM:

O aplicativo emite ainda certidões de quitação eleitoral, necessária para a emissão de outros documentos como o passaporte, e de crimes eleitorais -- essa função também está presente no site do TSE, mas achá-la não é um processo simples.

Para que serve esse QR Code?

O e-Título traz um QR Code usado para atestar a validade do documento. Atenção aos que possuem celulares com a tela trincada: se o display estiver muito danificado, a leitura do código pode não ocorrer. O TSE informa, no entanto, que a leitura do QR Code não é obrigatório para que o eleitor possa votar.

Mais Tecnologia