Topo

Tecnologia


Novo iPad Pro está mais fino e sem botão na frente pela primeira vez

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em Nova York *

2018-10-30T11:16:48

2018-10-30T15:49:00

30/10/2018 11h16Atualizada em 30/10/2018 15h49

Pouco mais de um mês depois de apresentar os seus novos iPhones, a Apple anuncia nesta terça-feira (30) a sua nova geração de tablets profissionais iPad Pro. Ele deve agradar os fãs da tela infinita e é mais uma prova de que a empresa quer acabar de vez com os botões físicos na parte da frente dos aparelhos.

É isso mesmo que você leu. Sem botão Home, o novo iPad vem com uma tela maior, deixando as bordas físicas do aparelho bem mais estreitas. Mas, apesar disso, o polêmico entalhe na parte superior, que surgiu no iPhone X, não foi usado no iPad.

O iPad Pro de 11 polegadas vai custar a partir de R$ 6.799, enquanto o de 12,9" sai por a partir de R$ 8.399.

VEJA TAMBÉM:

O iPad Pro será o primeiro tablet da empresa com reconhecimento facial, o Face ID visto no iPhone X. Novamente terá compatibilidade com a caneta stylus Apple Pencil.

A empresa apresentou este e outros produtos, como um novo Mac Mini e um Macbook Air, durante um evento realizado na Academia de Música do Brooklyn, em Nova York. 

Em março desde ano, a Apple lançou uma versão "baratinha" do iPad, voltado a estudantes e compatível com o Apple Pencil (lápis/caneta inteligente da empresa). O aparelho chegou ao Brasil em maio custando R$ 2.499. 

Destaques do iPad Pro

A última versão do iPad Pro foi lançada em 2017 e o grande destaque na época era o bom desempenho, o Apple Pencil e o display de retina.

Mais de um ano depois, o iPad sofreu uma mudança radical em seu design. O botão home desapareceu e deu lugar à tela infinita, praticamente sem bordas. Ele agora também consegue usar o reconhecimento facial para o desbloqueio da tela.

A tela que era de 10,5 polegadas na edição do ano passado foi para 11 polegadas. Uma segunda versão também será vendida, com 12,9 polegadas. Ele é 25% menor, com 5,9 mm de espessura.

O processador é o A12 Bionic, o mesmo dos novos iPhones XS, XS Max e XR. O dispositivo é 90% mais rápido do que outros modelos de iPad.

A bateria, ao que tudo indica, deve durar um dia completo, segundo a Apple. Vamos ter que aguardar para ver se é isso mesmo.

Agora o iPad Pro usa porta USB-C, que é compatível com aparelhos diversos de outros fabricantes. Como ele permite carregamento entre aparelhos, o usuário vai poder carregar um outro celular usando o cabo e a carga do iPad, por exemplo.

A nova Apple Pencil tem um recurso magnético que a faz ficar "grudada" no iPad. Ao tocar na caneta/lápis, o iPad Pro desperta e inicia o aplicativo de notas do iPad.

Reprodução
Apple apresenta novo Macbook Air Imagem: Reprodução

Macbook Air

A Apple também anunciou no evento a sua nova geração de seu MacBook Air, que terá display de retina, tecnologia que já era usada em outros dispositivos da empresa. A tela é de 13,3 polegadas, com uma resolução de 4 milhões de pixels. Além disso, a Apple afirma que as cores são 48% melhores.

A Apple promete que os alto-falantes do novo computador são 25% mais altos do que os da geração anterior. Outra novidade é que ele é 10% mais fino do que a geração anterior.

Mais especificações do Air: 8 GB de memória RAM, processador Core i5 de 1,6 GHz ou 3,6 GHz de velocidade, e 128 GB de armazenamento SSD, mais rápido que o HD.

Além disso, a bateria teve uma ligeira melhora. Ela continua tendo capacidade de 12 horas de navegação na internet, mas agora também consegue até 13 horas de de reprodução de filmes no iTunes direto.

O novo notebook já está em pré-venda por US$ 1.199 nos EUA e estará disponível nas lojas do país a partir da quarta-feira da semana que vem, 7 de novembro.

Reprodução
Tim Cook, executivo-chefe da Apple, apresenta novo Macbook Air e novo Mac Mini Imagem: Reprodução

Mac Mini

A Apple também aproveitou o evento em Nova York para lançar mais uma linha de computadores, o Mac Mini.

O novo computador merece destaque por trabalhar com um processador mais potente (versões com seis e quatro núcleos),  gráficos 60% mais rápidos do que os da geração anterior e cinco vezes mais rápido em performance. Também dobrou a memória RAM, de 32 GB para 64 GB.

Há opções com processadores quad-core (quatro núcleos) ou hexa-core (seis núcleos), todos da oitava geração, a mais atual de chips da Intel.

As encomendas para o novo Mini começam nesta terça e o produto será vendido oficialmente a partir de 7 de novembro.

Novos recursos no iOS

As novidades vêm no embalo do lançamento de uma atualização do iOS, a 12.1, que saiu mais cedo nesta terça. Com ele, o app de conversas em vídeo FaceTime ganhará chamadas em grupo nos celulares, aumentando o limite de duas a 32 pessoas.

A atualização adicionará mais de 70 novos emoji, sendo que alguns deles procuram aumentar a representatividade de fenótipos nas animações. Dentre eles estão personagens com cabelo ruivo, cinza e ondulado, além de novos animais, esportes e comidas.

Por fim, a câmera ganhará um controle de profundidade nos celulares que possuírem modo retrato, permitindo maior controle ao usuário na hora de fotografar. 

Ficha técnica: iPad Pro

Tela: 11 polegadas (2.388 x 1.668 pixels) / 12,9 polegadas (2.732 x 2.048 pixels) LED com tecnologia Liquid Retina
Sistema operacional: iOS 12
Processador: Apple A12X Bionic
Memória interna: 64 GB, 256 GB, 512 GB e 1 TB
Câmeras: 12 MP dupla (principal) e 7 MP (frontal)
Dimensões e peso: 247,6 x 178,5 x 5,9 mm; e 468 g (11 polegadas); e 280,6 x 214,9 x 5,9 mm; e 631 g (12,9 polegadas)
Cores: Prata e cinza-escuro
Preço: a partir de US$ 799 (nos EUA)

Ficha técnica: Macbook Air

Tela: 13,3 polegadas (2.560 x 1.600 pixels) LED com tecnologia Retina
Sistema operacional: macOS
Processador: Intel Core i5 1,6 GHz dual-core (com tecnologia Turbo Boost até 3,6 GHz)
Memória: 128 GB e 256 GB de armazenamento; e 8 GB de RAM
Câmeras: 720p frontal
Dimensões e peso: 30,41 x 21,24 x 1,56 cm; e 1,25 kg
Cores: Dourado, prata e cinza-escuro
Preço: a partir de R$ 6.799 (nos EUA, a partir de US$ 1.199)

Ficha técnica: Mac Mini

Sistema operacional: macOS
Processador: Intel Core i3 quad-core 3,6 GHz; e Intel Core i5 hexa-core 3 GHz
Memória: 128 GB e 256 GB de armazenamento; e 8 GB de RAM
Dimensões e peso: 19,7 x 19,7 x 3,6 cm; e 1,3 kg
Cores: Cinza-escuro
Preço: a partir de US$ 799 (nos EUA)

 

Um iPhonão desse, bicho! Com iPhone XS Max, a Apple se rendeu à telona

Relembre a evolução

* A jornalista viajou a convite da Apple

Mais Tecnologia