Topo

Tecnologia

Desenhadinho! Jovem cria manual para ajudar idosa a mexer no celular

Reprodução/Twitter
Não podemos negar ajuda, não é mesmo? Então corra para imprimir o manual e entregar a quem precisa Imagem: Reprodução/Twitter

Rodrigo Lara

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/11/2018 13h38

Quem nunca precisou ajudar os pais ou avós a "desvendarem" um smartphone recém-adquirido? Às vezes, são apenas dúvidas esporádicas, mas o que fazer quando a pessoa não "fixa" as instruções na cabeça? A solução encontrada por Alexandre Drabecki, de 23 anos, foi fazer algo em extinção nesta era digital: um manual de instruções desenhadinho no papel.

Quem motivou a criação do "documento" foi Iracema Poliquezi, de 73 anos e avó da namorada de Drabecki. Ao ganhar o seu primeiro smartphone, ela estava com dificuldades para usar o aparelho e, em especial, o WhatsApp.

"Eu até respondi a algumas dúvidas dela, não tinha muito contato com ela, e eu acabei percebendo que a família da minha namorada, às vezes, perdia a paciência por ter que responder muitas vezes as mesmas perguntas", conta.

Drabecki conta que, muitas vezes, pegou o celular e viu que Iracema não tinha respondido a algumas mensagens. "As próprias mensagens que eu mandava para ela às vezes ficavam dias sem respostas".

O manual criado por Drabecki é bem detalhado, com ilustrações e explicações sobre as funções básicas do aplicativo. Ilustrado com desenhos feitos à mão, o material ensina como utilizar funções como enviar mensagens de texto e de áudio e também fazer ligações pelo mensageiro.

A ideia de criar um manual "raiz" surgiu por uma questão de empatia.

Acho que quando a pensamos com a nossa cabeça e a nossa experiência, não conseguimos ver que os mais idosos não vivem a vida como nós. Eu conheci a dona Iracema e tive certeza que a melhor forma de ensinar algo para ela era ser simples

Drabecki também conta que não se preocupou apenas em fazer desenhos. "Eu troquei inclusive a linguagem e a didática quando expliquei o manual pra ela".

E, de acordo com o jovem, a iniciativa rendeu resultados logo de cara. "Enquanto eu estava explicando o manualzinho, ela falava coisas como 'nossa, mas agora que eu to entendendo', ou ainda 'só você pra ter paciência comigo'", conta ele, que diz que "ela já está melhor" na hora de usar o aparelho. 

Fama sem querer

A dificuldade de Iracema não deve ser tão incomum assim, já que a publicação sobre o assunto que Drabecki fez no Twitter teve até o momento mais de 17 mil compartilhamentos.

Ele diz que não esperava tanta repercussão. "Eu até comentava com a minha namorada que a ideia de fazer o manual surgiu em um momento muito aleatório, quando eu vi que a família dela estava discutindo porque ela tinha pedido ajuda mais uma vez". 

Diante da "fama sem querer", um amigo de Drabecki digitalizou as folhas do manual e as disponibilizou online (clique aqui para baixar).

E esse deverá ser apenas o primeiro material do tipo. "Vou criar mais um ou dois para o WhatsApp e, mais tarde, para o Facebook", diz, salientando que só espera o término da última semana da faculdade para fazer isso.

A julgar pelo sucesso do "primeiro volume", é de se imaginar que dona Iracema em breve vire uma "craque" na hora de usar o seu smartphone. 

#DicasDeTec: quer aprender mais truques para tirar o melhor proveito do seu celular?

Confira nossa página

Mais Tecnologia