Topo

Tecnologia

Smartphone


Onde foram parar os botões? Motorola Razr com tela dobrável vai ser assim

Divulgação/Lenovo
Imagem do novo Motorola Razr com tela dobrável enviada pela Lenovo Organização Mundial de Propriedade Intelectual Imagem: Divulgação/Lenovo

Helton Simões Gomes

Do UOL, em São Paulo

2019-01-21T11:25:14

21/01/2019 11h25

Se você ficou animado com a notícia da possibilidade da volta do Motorola Razr, o celular que fez sucesso no começo dos anos 2000, saiba que começaram a circular as primeiras imagens de como ele poderia ser.

Segundo o Wall Street Journal, a Lenovo, dona da Motorola, está para lançar uma nova versão do aparelho flip com uma tela dobrável. O modelo deve ser colocado à venda só em fevereiro, mas até agora não tínhamos a menor ideia da aparência dele. Até agora. Documentos do registro de como é o design do celular tiram essa dúvida e mostram a possível cara do novo queridinho.

As imagens foram enviadas pela fabricante chinesa à Organização Mundial de Propriedade Intelectual para serem incluídas em um registro de propriedade intelectual, que foi publicado em dezembro de 2018. Elas mostram pelo menos duas grandes mudanças do novo modelo para o aparelho que virou febre em 2004.

A primeira delas é que o celular é uma mistura de tela dobrável com o chassi flip clássico -- aquele modelo de abrir e fechar o aparelho como se fosse um livro. A tela vai se curvar quando o aparelho estiver fechado e se desdobrar quando ele estiver aberto.

Outra mudança é que os botões desapareceram. Isso porque a tela será sensível ao toque. Do lado de fora, o aparelho também terá uma telinha, que será ativada quando ele estiver fechado -- isso já existia no modelo antigo. Pelas imagens enviadas pela Lenovo, no entanto, esse display vai ser um pouquinho maior.

Android, 10 anos: como o maior sistema operacional do mundo virou ferramenta de poder

Leia mais

Se for mesmo lançado no próximo mês, o Motorola Razr chegará ao mundo antes do aguardado modelo da Samsung.

De acordo com o jornal norte-americano, a Lenovo fechou um acordo com a operadora norte-americana Verizon, que funcionaria como um parceiro exclusivo para vender a nova versão do Razr.

Se você já está separando a carteira para comprar o smartphone da Samsung, talvez seja bom segurar a emoção. Segundo o WSJ, o Razr deve custar por volta de US$ 1.500 (cerca de R$ 5.900), preço superior a modelos como o iPhone XS Max e o Galaxy Note 9, atualmente dois dos celulares mais caros entre os tops de linha.

Lançado em 2004, o Moto Razr foi o celular mais vendido do mundo até o surgimento do iPhone, em 2007. A Motorola já teve algumas tentativas de relançar o aparelho na última década, mas sem sucesso.

Além de surfar na onda dos smartphones dobráveis, o Motorola Razr vem na linha saudosista adotada por alguns fabricantes -- a Nokia, por exemplo, tem sido mestre em apresentar vários dispositivos retrô, aguçando a saudade dos consumidores.

Conheça o Flexpai, primeiro celular com tela dobrável

UOL Notícias