Topo

Tecnologia

Isso é golpe!


Golpistas criam falsos canais para roubar doações às vítimas de Brumadinho

Corpo de Bombeiros de Minas Gerais
Imagens aéreas mostram a devastação da região de Brumadinho (MG) após a queda de barragem da mineradora Vale Imagem: Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

2019-01-28T15:55:43

28/01/2019 15h55

Cuidado ao doar dinheiro para as vítimas da tragédia de Brumadinho, pois há golpistas tentando lucrar com o sofrimento alheio. A PM (Polícia Militar) de Minas Gerais identificou tentativas de golpe em redes sociais, com pessoas publicando contas correntes falsas associadas a instituições renomadas e pedindo dinheiro com o pretexto mentiroso de ajudar os afetados pela catástrofe.

"Os aproveitadores de plantão têm divulgado muitas imagens falsas, contas correntes falsas, imagens contendo fotografias de instituições de renome, mas com sites 'fakes'", alertou o major Flávio Santiago, porta-voz da PM mineira.

Arte UOL
Imagem: Arte UOL
Em nota publicada nesta segunda-feira (28) no site da Defesa Civil, as forças de segurança reforçaram a mensagem que "ninguém está autorizado a recolher qualquer valor em nome do Estado" e alertando para sites falsos que fingem arrecadar fundos para as vítimas.

"O mais importante é que as pessoas não confiem em muitas informações que têm sido veiculadas em mídias sociais, com contas para depósito. Não existe essa situação", completou Santiago.

O major orienta que os interessados em ajudar as vítimas busquem os canais oficiais das forças de segurança, em especial o site da Defesa Civil de Minas Gerais. No entanto, não há uma campanha de doações organizada pelo governo no momento, seja de dinheiro, alimentos não perecíveis, materiais de limpeza ou bens de utilidade pessoal.

Até o momento, foram confirmadas 60 mortes desde que uma barragem da Vale rompeu na última sexta-feira (25) em Brumadinho. Ainda há 292 pessoas desaparecidas, mais 382 localizadas.

Conta do Banco do Brasil é verdadeira

Uma iniciativa legítima tomada pelo Banco do Brasil não faz parte dessas tentativas de golpe. A instituição financeira confirmou ao UOL a veracidade da conta "SOS Brumadinho". Os dados para doação são:

Banco do Brasil
Agência 1669-1
Conta 200-3
CNPJ 18.363.929/0001-14

Veja o caminho percorrido pela lama da barragem de Brumadinho

UOL Notícias