Topo

Tecnologia

UOL Testa


Veja coisas que o Note 9 tem e que o iPhone XS Max não tem (e vice-versa)

Reprodução
Galaxy Note 9 ou iPhone XS Max? Qual é o melhor para você? Imagem: Reprodução

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em São Paulo

2019-01-30T04:00:00

30/01/2019 04h00

A nova safra de celulares para 2019 promete opções com telas dobráveis e display com direito a um buraquinho para a câmera frontal, mas dois dos melhores modelos lançados no ano passado ainda seguem como sonho de consumo de muita gente: o Galaxy Note 9 e o iPhone XS Max.

Entre as principais diferenças estão a tecnologia de reconhecimento facial, inteligência artificial das câmeras e outras funcionalidades.

O Note 9 chegou ao mercado brasileiro em agosto de 2018 por preços que variavam de R$ 5.499 a R$ 6.499. A tela do modelo foi eleita, na época, como a melhor disponível.

O iPhone XS Max foi lançado em setembro do mesmo ano, junto com os irmãos iPhone XS e iPhone XR. Ele é o modelo mais poderoso da Apple e chegou ao Brasil custando entre R$ 7.999 e R$ 9.999.

Poder em suas mãos: Conheça o Galaxy Note 9

UOL Notícias

O que o Note 9 tem:

Espaço de sobra

Tanto o modelo da Samsung quanto o da Apple pode ser comprado com 512 GB de espaço de armazenamento, mas o Note 9 suporta um cartão de memória de até 512 GB. Ou seja, ele pode ficar com 1T se você quiser.

Tecnologia das câmeras

O Note 9 trouxe uma tecnologia da Samsung lançada com o Galaxy S9+, a chamada abertura variável. Com ela, as câmeras são capazes de mudar intuitivamente a entrada de luz de acordo com o ambiente.

Conhecer as funções da câmera do seu celular pode fazer diferença nas suas fotos

Entenda

A inteligência artificial empregada na câmera dupla traseira é outro ponto que faz o Note 9 ser diferente do iPhone XS Max. Ela consegue identificar o que o usuário está fotografando e faz melhorias automáticas antes de registrar a imagem.

Além disso, ela é capaz de reconhecer 20 cenários -- como pessoas, comida, paisagens -- e ajustar os parâmetros de câmera para que o clique seja o melhor possível, levando em conta o foco, nitidez, entre outros recursos.

Canetinha inteligente

O Note 9 é compatível com a S Pen, a caneta inteligente que serve agora como controle remoto. É possível tirar fotos, mudar a música e passar slides com ajuda da caneta.

Funciona com dois chips físicos

O Note 9 consegue funcionar com dois chips diferentes. O iPhone XS Max até foi feito para funcionar com duas linhas, mas a tecnologia adotada foi a do eSIM, que funciona como um chip virtual dentro do telefone. O problema é que o eSIM ainda não funciona no Brasil.

Dois aplicativos na mesma tela

O celular da Samsung tem uma opção perfeita para quem se atrapalha com aparelhos de tela grande: é possível usar dois aplicativos ao mesmo tempo no chamado recurso multitarefa. Com isso, você pode usar um app só na parte debaixo do display.

Quais os melhores celulares de 2018? Veja os destaques de cada categoria

Leia mais

Vira um minicomputador

O Note 9 é um celular que vira um computador. Você só precisa conectar um cabo HDMI na entrada USB-C do aparelho e a outra ponta você ligar em um monitor. Tudo que estiver na tela do celular passa a aparecer na tela do monitor.

Bateria que dura mais

A capacidade da bateria precisa ser observada com ressalvas, porque nem sempre o maior número te dá mais tempo longe da tomada. Alguns modelos consomem muita energia para manter o desempenho e acabam gastando rapidamente até mesmo uma bateria gigantesca.

No caso do Note 9, a bateria é maior e também dura mais. Em nosso teste de reprodução de vídeo, a bateria levou 10h26 para ir de 100% a 0%. O iPhone XS Max conseguiu fazer a mesma coisa em 7h11. 

Entrada para fone de ouvido

Muita gente ficou revoltada quando a Apple aboliu a entrada para fone de ouvido. Se você é um dos que torce o nariz para isso, saiba que o Note 9 ainda é um modelo que conta com a entrada P2.

Então, você vai conseguir recarregar a bateria do celular enquanto ouve música pelo fone.

iPhone XS Max tem tela incrível e é para quem quer muito de um celular

UOL Notícias

O que o iPhone XS Max tem:

Reconhecimento facial 3D

O Face_ID foi uma das grandes sacadas da Apple, quando lançou o iPhone X de 2017. A tecnologia continua sendo um grande diferencial, agora no XS MAX, porque consegue capturar o nosso rosto de forma precisa, usando sensores que fazem um escaneamento 3D.

O Note 9 também trabalha com reconhecimento da face, mas a tecnologia usada pela Apple é melhor e serve para outras funções dentro do aparelho, por exemplo compras em apps e efeitos em fotos. O modelo da Samsung também funciona com reconhecimento de íris e impressão digital, mas o Face_ID é imbatível.

iPhone XR ou XS Max: qual o melhor? Confira no UOL Testa

Leia mais
A maior tela

O iPhone XS Max bateu todos os recordes da Apple com a maior tela já feita. Ele tem 6,5 polegadas (16,51 cm) com resolução 2.688 x 1.242, ou seja, é enorme. O tamanho do corpo do aparelho é equivalente ao do iPhone 8 Plus, mas a tela ocupa uma parte maior. O Note 9 tem 6,4 polegadas (16,25 cm) com resolução 2.960 x 1.44.

Melhor desempenho

Em testes de benchmark (que mede a eficiência do processador), o iPhone XS Max conseguiu pontuações maiores em relação ao Note 9. O XS Max conseguiu 8.299 pontos no teste que avalia os múltiplos núcleos do processador (aplicativo Geekbench), enquanto o Note 9 registrou 7.266. Na média por núcleos, o modelo da Apple conseguiu 3.428 pontos, e o da Samsung, 2.895.

Isso não quer dizer que o aparelho da Samsung é ruim, que fique bem claro. Na prática, os dois aparelhos são muito rápidos e dão conta de atividades que exigem bastante do processador. Mas, o processador do XS Max é o A12 Bionic com 7 nanômetros, um dos mais modernos que existem. A Apple foi a segunda no mundo a lançar um aparelho comercial com essa tecnologia --a primeira foi a Huawei.

iPhone antigo tira foto boa? Confira o comparativo dos modelos passados

Leia mais

HDR inteligente

O iPhone também trouxe recursos de inteligência artificial, mas um pouco diferentes dos apresentados pelo Note 9. O XS Max tem o "Smart HDR", um sistema que sobrepõe diferentes fotos capturadas no mesmo momento e consegue criar uma foto com maior riqueza de detalhes e contraste. O resultado é impressionante e as fotos tiradas em lugares com pouca iluminação (que são o ponto fraco das câmeras da Apple) ficam bem melhores.

Entalhe

Essa última característica é relativa, tem quem goste e tem quem não goste. O ponto é que o entalhe em formato retangular existe e é impossível não notá-lo. O recorte na parte superior do aparelho serve para contornar a câmera frontal de 7 MP e os sensores responsáveis pelo funcionamento do Face_ID. No Note 9, a imagem da tela não faz o contorno, ela tem o formato de uma barra.

Ficha-técnica: Galaxy Note 9

Tela: 6,4 polegadas Super Amoled
Sistema Operacional: Android 8
Processador: Snapdragon 845 octacore
Memória: 128 GB ou 512 GB de armazenamento e 6 GB ou 8 GB de RAM
Câmeras: traseira dupla (12 MP) e frontal (8 MP)
Dimensões e peso: 161.9 x 76.4 x 8.8 mm e 201 gramas
Bateria: 4.000 mAh

Ficha-técnica: iPhone XS Max

Tela: 6,5 polegadas Oled (2.688 x 1.242 pixels)
Sistema Operacional: iOS 12
Processador: Apple A12 Bionic
Memória: 64 GB/ 256 GB/ 512 GB e 4 GB de Memória RAM
Câmeras: traseira dupla (12 MP) e frontal (7 MP)
Dimensões: 15,35 x 7,74 x 0,77 cm e 208 gramas
Bateria: 3.174 mAh

Mais UOL Testa