Topo

Tecnologia

Negócios


Por que a Microsoft implora para que você pare de usar o Internet Explorer?

iStock
Internet Explorer Imagem: iStock

Fabiana Uchinaka

Do UOL, em São Paulo

2019-02-09T13:55:18

09/02/2019 13h55

A empresa quer que você troque por um navegador mais moderno

Você é daqueles bem apegados? Então provavelmente ainda usa o Internet Explorer, certo? A maioria das pessoas já migrou para o Chrome, Firefox ou Edge, o substituto do IE, mas a Microsoft ainda sofre com empresas que usam o antigo navegador porque dependem de aplicativos desatualizados.

Faz uns três anos que ela tenta enterrar de vez o IE, que sequer recebe atualizações --ou seja, não é nada seguro. Agora ela resolveu falar sério. Em uma postagem no blog da Microsoft, o arquiteto sênior de segurança cibernética Chris Jackson disse que continuar usando o IE significa gastar dinheiro e escolher uma solução mais fácil e conveniente agora, sem pensar no longo prazo. 

O Internet Explorer, que já tinha fama de não ser muito bom, agora fica muito atrás de todos os outros navegadores e virou uma "solução de compatibilidade" -- ou seja, uma espécie de gambiarra para rodar apps antigos.

"Em resumo, isso parece uma decisão deliberada de assumir alguma dívida técnica. É verdade que a maioria das organizações tem alguma dívida técnica por aí", escreveu.

Mas ele não cita nominalmente o Edge como um substituto.

Para quem não se lembra, a Microsoft apresentou o novo sistema assim:

"O Microsoft Edge foi construído desde a base para melhorar a produtividade, ser mais seguro e para renderizar correta e rapidamente as páginas da web. Sabemos que alguns consumidores têm um número significativo de sites que requerem propriedades tecnológicas do Internet Explorer, e ainda necessitam usar o Internet Explorer 11 como navegador principal. Para esses clientes corporativos, introduzimos uma nova capacidade no Enteprise Mode para Internet Explorer 11 que permite abrir o Microsoft Edge com sites modernos que precisam de funcionalidades de plataformas de web atualizadas".

Não adiantou muito. Em parte, porque o Edge não foi bem recebido. Ele vem junto com o Windows 10, mas não atraiu os consumidores --não pode ser instalado em versões antigas do Windows, por exemplo.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado, o Edge tem extensões. O texto já foi corrigido.