Topo

Tecnologia

Smartphone


Moto Z4 pode ter entalhe em forma gota e processador digno de celular top

91mobiles/Reprodução
Imagem vazada mostra chegada do entalhe no formato de gota na linha top da Motorola Imagem: 91mobiles/Reprodução

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

2019-03-20T19:53:41

20/03/2019 19h53

Resumo da notícia

  • Imagens vazadas mostram o novo design da parte frontal do top de linha da Motorola
  • Empresa mantém a iniciativa dos Snaps, os acessórios encaixáveis na parte de trás
  • Processador deverá ser o Snapdragon 855, usado pelos smartphones mais caros do ano

Apesar de turbulências internas, a Motorola não abandonou sua linha top no mercado de smartphones. É o que indica um vazamento do site indiano 91mobiles, que obteve imagens de como será o Moto Z4, quarta geração dos celulares conhecidos pelos Snaps - aqueles encaixes na parte de trás com uma câmera melhor ou caixinha de som.

A imagem vazada traz algumas novidades para o design da linha, que pelo visto irá adotar o entalhe em formato de gota com uma câmera, como a Motorola já havia feito com o Moto G7, lançado neste ano. Outra mudança é o sumiço de um leitor de digitais, que não aparece nem na frente, nem atrás e nem na lateral do smartphone - o Z3 seguia esta última opção.

Está na dúvida? Confira os nossos reviews dos celulares

UOL Testa
A parte de trás indica que os Snaps seguem firmes e fortes, exibindo uma câmera simples no topo e o encaixe para as modificações na parte inferior traseira. Segundo o rumor, a câmera principal será da Sony e poderá tirar fotos de até 48 MP.

De acordo com as informações obtidas pelo 91mobiles, o Moto Z4 usará o processador Snapdragon 855, o mesmo dos smartphones top de linha deste ano, caso do Galaxy S10 (nos Estados Unidos). A inclusão da peça da Qualcomm seria uma melhoria considerável em relação ao Moto Z3, que ficou para trás da concorrência ao adotar o Snapdragon 835 enquanto aparelhos como o LG G7 ThinQ, o Sony Xperia XZ2 e o Galaxy S9+ usavam o Snapdragon 845.

O Moto Z3 foi anunciado em agosto de 2018 como o "primeiro" celular 5G do mundo. As aspas são para dizer que, sem um Snap específico, a nova rede de telecomunicações fica inacessível para o smartphone. Tal acessório chega só em abril deste ano nos Estados Unidos, com compatibilidade exclusiva a uma operadora de telefonia.

Ainda distante no Brasil, o 5G chegará neste ano a certas regiões do mundo, com aparelhos que já são compatíveis de fábrica com a conexão.