Topo

Curiosidades de tecnologia


Momo já banalizou tanto que virou festa de aniversário de... crianças

Reprodução/Twitter @Snorlax_Senpapi
Festa de aniversário com temática da boneca Momo, que viralizou na internet Imagem: Reprodução/Twitter @Snorlax_Senpapi

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

2019-03-30T13:51:59

30/03/2019 13h51

Resumo da notícia

  • Imagem nas redes sociais mostra festa infantil com tema Momo
  • Assustou-se com viral? Dizem que as crianças mexicanas nem ligam
  • Com 75 mil curtidas, tuíte não dá mais pistas sobre a imagem

A escultura japonesa Momo, que se tornou um dos virais mais dramáticos dos últimos tempos no Brasil e no mundo, voltou a assustar recentemente os pais brasileiros após rumores de que estaria ensinando suicídio em vídeos no YouTube e no WhatsApp. Mas passado o susto, a Momo pode já estar sendo mais bem aceita por aí.

Pelo menos é o que mostra essa imagem que está circulando nas redes sociais, com o que parece ser a foto de uma festa de aniversário infantil que teve a Momo como tema.

Com mais de 75 mil curtidas e 24 mil retuítes até a publicação desta notícia, o tuíte da conta @Snorlax_Senpapi, de Houston (EUA), foi postado na terça-feira (26) e diz: "Pais brancos: 'oh meu Deus, meu filho foi traumatizado pela Momo no YouTube!' Crianças mexicanas:..." e aí vemos uns 20 meninos e meninas sorridentes posando ao lado de bonecas Momo improvisadas e balões em preto e branco.

Mas afinal, essa festa de aniversário aconteceu mesmo no México ou é uma invenção das redes sociais? Bom, o autor do tuíte não deu nenhuma referência adicional sobre a imagem.

A reportagem do UOL cavou a internet inteira para achar mais pistas, mas não encontrou nada. Se for uma montagem ou farsa, até agora está convincente --pelo menos a decoração não parece ter sido incluída digitalmente.

Por outro lado, há quem tenha chamado a atenção para o braço de um dos garotos, que na verdade parece ser de um adulto. Ilusão de ótica da foto ou montagem mesmo?

Nas respostas ao tópico, alguns mexicanos e latinos demonstraram orgulho da completa sensação de "nem aí" para a boneca bicuda. "Nós latinos realmente não dão a mínima"; "Meus primos mexicanos na escola primária me fazem querer chorar."

Um perfil de Facebook chamado "Mexican Pride" também postou a imagem e recebeu mais comentários de mexicanos se dizendo bem resolvidos com bichos de terror. "[Houve um] Chupacabra para a festa de aniversário da minha prima. Monstros produzem piñatas memoráveis. Ninguém vai se lembrar de uma princesa da Disney, mas eles vão se lembrar disso ou reprimi-lo traumaticamente".

Em tempo: o escultor japonês Keisuke Aiso disse que sua obra Momo não existe mais após ter viralizado pela primeira vez, no ano passado. "Nunca foi feita para durar. Estava podre e joguei fora. Ela não existe e a maldição se foi", disse. Será que a mulher-pássaro sinistra também morrerá no mundo online? Só o tempo dirá.

Como a relação de amor de Bolsonaro com as redes sociais dá caneladas na democracia

Leia mais