Topo

Tecnologia


Lenovo fará baixa contábil de US$400 mi após reforma tributária nos EUA

2018-01-10T10:24:12

10/01/2018 10h24

HONG KONG (Reuters) - O Lenovo Group informou nesta quarta-feira que deve fazer uma baixa contábil extraordinária de 400 milhões de dólares para os nove meses encerrados em dezembro, devido a uma reavaliação de ativos tributários diferidos nos Estados Unidos.

O ajuste que se refletirá nos resultados financeiros é de natureza não-monetária e a companhia não espera nenhum efeito material na operação ou na posição do fluxo de caixa, informou a fabricante de computadores em documento enviado à bolsa de Hong Kong.

A Lenovo, unidade da Legend Holdings, disse que os cortes tributários corporativos nos EUA devem "impactar positivamente" os futuros resultados de suas operações norte-americanas no longo prazo.

A companhia anunciará o desempenho financeiro do terceiro trimestre em 1º de fevereiro.

As reformas fiscais convertidas em lei em dezembro reduzem a carga tributária para empresas norte-americanas para 21 por cento ante 35 por cento.

(Por Donny Kwok)

Mais Tecnologia