Topo

Tecnologia

Chinesa JD.com busca captar US$2 bi na unidade de logística, dizem fontes

15/01/2018 13h24

Por Julie Zhu e Kane Wu

HONG KONG (Reuters) - A JD.com, segunda maior empresa de comércio eletrônico da China, iniciou uma rodada para levantar recursos na sua unidade de logística, com meta de angariar pelo menos 2 bilhões de dólares e, eventualmente, planeja listar o negócio no exterior, disseram pessoas com conhecimento direto sobre a questão.

A JD.com, que fica atrás somente da Alibaba no mercado chinês de comércio eletrônico, convidou um seleto grupo de investidores para se juntar à rodada de financiamento que avalia o seu negócio de logística, a JD Logistics, em cerca de 10 bilhões de dólares, disseram duas fontes à Reuters.

O movimento ocorre num momento em que as principais empresas de comércio eletrônico da China estão buscando expandir seus negócios de logística para apoiar suas ambições de expansão global e aumentar as receitas ao oferecer serviços para terceiros.

A empresa chinesa de investimentos Hillhouse Capital e a Sequoia Capital China provavelmente serão investidores líderes da rodada de financiamento da JD Logistics, enquanto uma série de agentes estatais e internacionais também mostraram um forte interesse no negócio, de acordo com as pessoas.

A demanda poderia ser forte o suficiente para que investidores menores que aportarem apenas 100 milhões de dólares - o piso para investimentos, de acordo com duas pessoas - tenham que provar que poderiam ajudar a unidade de logística a trazer novos negócios, disse um deles.

A JD Logistics atualmente pertence à JD.com. Não está claro quando e onde o processo de IPO será realizado.

(Reportagem adicional de Cate Cadell em Pequim)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber

Mais Tecnologia