Topo

Tecnologia

Tim Cook, da Apple, pede calma a China e EUA em assuntos de comércio

24/03/2018 12h34

PEQUIM (Reuters) - O presidente-executivo da Apple Tim Cook pediu neste sábado por calma e a favor de um comércio aberto, em meio a temores crescentes de uma guerra comercial entre Estados Unidos e China.

As tensões comerciais entre China e EUA se inflamaram nesta semana quando o presidente Donald Trump revelou planos, na quinta-feira, de impor tarifas de até 60 bilhões de dólares sobre importações da China.

O Ministério do Comércio da China disse na sexta-feira não temer uma guerra comercial.

"Estou ciente de que, tanto nos EUA quanto na China, houve casos em que todos não se beneficiaram, onde o benefício não foi equilibrado", disse Cook.

Em um fórum anual de desenvolvimento na China, em Pequim, Cook afirmou esperar que mentes tranquilas prevaleçam.

A disputa colocou um holofotes sobre fabricantes de hardware como a Apple, que montam a maioria de seus produtos na China para exportar para outros países. Produtos elétricos e de tecnologia são o maior item de importação dos EUA da China.

(Reportagem de Matthew Miller e Cate Cadell)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber

Mais Tecnologia