Topo

Tecnologia


Leilão de frequências 5G na Alemanha já dura mais de um mês

2019-04-23T16:48:27

23/04/2019 16h48

FRANKFURT (Reuters) - O leilão de frequências 5G para serviços de telecomunicações na Alemanha foi retomado nesta terça-feira após uma pausa na semana passada em função da Páscoa. O certame já acumula lances de 5,4 bilhões de euros por quatro empresas.

A disputa já dura mais de um mês e está se tornando um dos mais longos, com 218 rodadas concluídas até agora, pouco abaixo das 224 rodadas em um leilão similar realizado em 2010.

Mas o leilão está longe de ser considerado um dos mais caros. Um certame de frequências 3G realizado em 2000 levantou 50 bilhões de euros.

O leilão, que está sendo realizado em instalações militares na cidade de Mainz, no oeste da Alemanha, acaba apenas quando nenhuma nova proposta for apresentada.

Executivos da indústria manifestaram preocupações de que a batalha entre os quatro grupos infle custos e afete a capacidade das operadoras em investir o dinheiro necessário para as redes 5G, assim como ocorreram em um caro leilão de espectro realizado na Itália no ano passado.

As três atuais operadoras da Alemanha, Deutsche Telekom, Vodafone e Telefónica Deutschland; além da nova entrante Drillisch, disputam 41 blocos de espectro nas bandas de 2 e 3,6 gigahertz.

Estas frequências conseguem transportar grandes volumes de dados, o que permite o uso de aplicações que conectam fábricas à internet, uma das prioridades da política industrial alemã.

A líder de mercado Deutsche Telekom está na dianteira em 13 blocos ofertados e a Vodafone em 12, seguida por 9 da Telefónica Deutschland, segundo os resultados preliminares.

A Drillisch, operadora virtual controlada pela UnitedInternet, tem a liderança em 7 blocos, levando o presidente-executivo, Ralf Dommermuth, para mais perto de seu objetivo de tornar a empresa a quarta operadora alemã.

(Por Douglas Busvine)

Mais Tecnologia